trilhafull

Policiais Militares e da Polícia Rodoviária Federal prenderam, por volta do meio dia dessa quarta-feira, 25.04, mais dois integrantes de uma quadrilha que planejavam explodir agências bancárias em Campo Maior. Com os suspeitos a polícia apreendeu mais armas de grosso calibre.
quadrilhacm7

Além do pernambucano Tarcísio Barbosa Fonseca, os policiais conseguiram prender, em Campo Maior, os suspeitos Claudenor Morais de Lima e José Romildo Pinheiro Barbosa, também do Estado de Pernambuco. Eles foram presos após atitude suspeita na BR-343.
quadrilha3

De acordo com o capitão Paulo Nunes, que comandou a operação dessa manhã, os policiais também conseguiram apreender mais uma arma e munição que estava em poder dos assaltantes. “Eles estavam fazendo o levantamento na cidade. O que apuramos é que eles queriam explodir carro forte ou agências de bancos”, informou o capitão.
quadrilhacm3

Paulo Nunes disse que os suspeitos e as armas com as munições foram levados para a Delegacia Regional de Campo Maior para que fossem autuados em flagrante por crimes como formação de quadrilha, posse ilegal de armas e roubo de veículos.

quadrilhacm4    

Policiais da Força Tática, do 15º Batalhão da Polícia Militar, abortaram o que seria uma tentativa de assalto a bancos em Campo Maior. Uma pessoa está presa e várias armas de grosso calibre foram apreendidas pela polícia, além de uma caminhonete S-10, que foi roubada no Estado de Pernambuco.
Cópia de forcatatica

As armas apreendidas nesta ocorrência foram encaminhadas para a Delegacia Regional de Campo Maior. São elas: Um Fuzil de Repetição marca Imbel calibre 7,62 mm com capacidade para 5+1 cartuchos e uma Espingarda de repetição marca CBC calibre 12 com capacidade para 7+1 cartuchos.

De acordo com a assessoria da PM, por volta das 14h dessa terça, 24, a Força Tática da PM recebeu a informação que indivíduos em atitude suspeita estavam trafegando em Campo Maior numa S-10 branca, de placa oyr-4834. De imediato os policiais iniciaram as buscas ao referido veículo e conseguiu localizar e abordá-lo, porém o condutor conseguiu se evadir.

Após averiguações foi constatado que esse veículo era roubado e estava com a placa adulterada, sendo sua placa verdadeira PJM-3633.A Força Tática recebeu a informação que este veículo havia sido visto num galpão próximo ao posto da Polícia Rodoviária Federal.
forcatatica 

A equipe deslocou-se até o local e encontrou um indivíduo identificado como Tarsício tentando fugir, porém os militares obtiveram êxito na prisão do mesmo. “Após a prisão deste elemento tivermos a informação que mais três homens haviam fugido a pé cada um com uma arma longa e por volta das 01h40 abordaram um cidadão que estava em um Fiat Uno prata e o levaram como refém só liberando o mesmo na cidade de Juazeiro, quando tomaram uma Strada branca de assalto e seguiram em direção a cidade de Castelo”, disse o major Etevaldo Silva.

Em Castelo, informa o major, os bandidos assaltaram um posto de combustível e tomaram uma Hilux preta e seguiram para Buriti dos montes entrando na cidade e retornando para Castelo. Houve confronto com as equipes da Policia Militar, vindo a Hilux a tombar e os elementos fugiram pelo matagal. Nossas equipes continuam diligências a fim de capturar esses indivíduos.

O presidente da Fundepi, José de Ribamar Araújo, autorizou a imediata recuperação de parte da arquibancada do Estádio Deusdethi Melo, que cedeu com as intensas chuvas que caíram na primeira quinzena de abril em Campo Maior. Os serviços devem começar na próxima quarta-feira, 25.
ribamar

Ribamar informou que os técnicos da Fundespi já fizeram a avaliação dos estragos e apontaram que foi a infiltração das águas das chuvas que provou a queda de parte da arquibancada, que é conhecida como a ‘Geral do Sol’.

O presidente lembra que a arquibancada foi construída ainda em 2010 na gestão do então presidente Marco Aurélio, do governo Wilson Martins, que por tanto não fazia parte do complexo de obras iniciado na gestão do ex-presidente Paulo Martins, cuja inauguração aconteceu em agosto do ano passado.
arquibancadas

“É nossa responsabilidade fazer a recuperação sim, mas vale lembrar que os serviços não foram feitos pela nossa gestão. O importante é que a arquibancada será recuperada imediatamente”, confirma.

Ribamar também informou que está enviado para Campo Maior para fazer o projeto de recuperação da iluminação do Ginásio Poliesportivo para que o sistema volte a funcionar imediatamente. “Toda a iluminação será recuperada. Até a próxima semana os serviços estarão sendo realizados”, afirma

Faleceu na noite dessa terça-feira, 24.04, no Hospital Regional de Campo Maior a aposentada Francisca Eduvirgem de Sousa Lopes, de 85 anos, conhecida como Santinha. A aposentada era esposa do líder comunitário e fundador do PT no Brasil, Luís Eduvirgem.
santinha2

Dona Santinha morreu após ter complicações renais. Ela, que mora na comunidade Matinhos, passou mal e foi levada ao Hospital Regional de Campo Maior, onde veio a falecer após o estado de saúde se agravar.
santinha1

Santinha é mãe de 15 filhos, entre eles o assessor diretor do governador Wellington Dias Carlão Eduvirgem. Ela era respeitada entre os petistas e trabalhadores rurais por ser uma mulher que sempre esteve ao lado do marido, sobretudo na época da ditadura militar, onde Luís Eduvirgem foi perseguido e preso.

O corpo de Santinha já foi liberado pela direção do Hospital Regional de Campo Maior para o seu velório, que acontecerá em sua residência, na comunidade Matinhos.

santinha 

paaibaprontook