trilhafull

O professor e ex-prefeito de Campo Maior, Raimundo Nonato Monteiro de Santana, faleceu na manhã desta sexta-feira (15) aos 92 anos. O professor Santana foi economista, pesquisador e grande intelectual.

Dedicou-se aos estudos sobre a história política, cultural, econômica, social e sindical do Piauí, e incentivou a realização e a publicação de livros. Recebeu o título de Professor Emérito da UFPI pelo Conselho Universitário (CONSUN) em 15 de fevereiro de 2000.
santana

O velório acontece desde às 11 horas de hoje, na Capela do Cemitério Jardim da Ressurreição. O sepultamento será às 17 horas no Jardim da Ressureição.

Biblioteca

Em fevereiro deste ano, foi assinado o convênio entre a Universidade Federal do Piauí (UFPI), Academia Piauiense de Letras (APL) e Fundação Centro de Pesquisas Econômicas e Sociais do Piauí (Fundação Cepro) para a execução do projeto “Biblioteca Piauiense Professor Raimundo Nonato Monteiro de Santana”.

A biblioteca vai permitir acesso a obras sobre a realidade socioeconômica, política e cultural do estado, além de resgatar publicações esgotadas e viabilizar a edição de obras nunca publicadas. Será composta por quatro séries: Ensaios Pioneiros, Estudos Contemporâneos, Teses e Dissertações, bem como a Obra Completa do Professor Santana.

APL

O professor ocupava a cadeira 32 da Associação Piauiense de Letras (APL), que emitiu nota de pesar pelo falecimento.

"É com profundo pesar que a Academia Piauiense de Letras, consternada com o falecimento do acadêmico Raimundo Nonato Monteiro de Santana, solidariza-se com os familiares e diversos amigos que nosso confrade deixa nesse plano".

Raimundo Nonato Monteiro de Santana

(1926). Primeiro e Atual Ocupante da Cadeira nº 32 da APL. Presidente da APL.

Político, professor e escritor, nascido em Campo Maior, Estado do Piauí (1926). Bacharel em Direito pela Faculdade do Ceará (1949). É diplomado, também, pelo Instituto Superior de Estudos Brasileiros, em Economia Política e Sociologia. Ex-professor catedrático de Economia da Universidade Federal do Piauí. Lecionou, também, na Universidade Federal de Brasília e na Escola Superior de Guerra.

Foi Prefeito Municipal de sua terra natal no período de 1951-1955. Na sua área de especialização profissional e cultural exerceu os mais importantes cargos e funções em nosso Estado, entre os quais destacamos: vice-diretor do escritório regional da SUDENE e secretário de Planejamento do Estado. O Escritor. Fundou o Movimento de Renovação Cultural do Piauí (1960) e o Centro de Estudos Piauienses (1957). Trabalha atualmente com o objetivo de fundar a Fundação de Apoio Cultural do Piauí.

O professor Raimundo Santana desde jovem é inegavelmente um batalhador incansável em prol do desenvolvimento de nossa cultura. Pertence à Academia Piauiense de Letras cadeira nº 32, da qual foi seu Presidente.Membro do Conselho Estadual de Educação e do Instituto Histórico e Geográfico Piauiense.

Bibliografia: O Desenvolvimento Econômico Nacional na Teoria Econômica Geral, tese, 1959; Aspectos de Uma Ideologia para o Desenvolvimento; Introdução à Problemática da Economia Piauiense, 1957; A História da Obra de José de Alencar; A Evolução Histórica da Economia do Piauí, 1964; Vale do Longá e Perspectiva Histórica do Piauí, 1965, e Piauí: Formação – Desenvolvimento – Perspectivas, 1995.

Por Carlienne Carpaso com informações da UFPI e APL

90543899

Venha curtir o final de semana no Bar e Churrascaria Buffalo Bill, um empreendimento dos empresários Renato Ribeiro e Rafael Ribeiro. O Bar e Churrascaria Buffalo Bill fica localizado na Alameda do Açude Grande.

COPA DO MUNDO É NO BUFFALO

Neste domingo 17/6, dia do jogo do Brasil na Copa, o Buffalo Bill vai oferecer uma programação especial. A partida será transmitida em um TELÃO EM ALTA DEFINIÇÃO e sorteio de duas caixas de cerveja. Venha torcer no Buffalo.

 

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA

 

905268

905643

 

5656567654

Empossado como novo Bispo da Diocese de Campo Maior em setembro do ano passado, Dom Francisco de Assis tem feito uma revolução na relação hierárquica da Igreja Católica na Diocese. Ao contrário de seu antecessor, Dom Francisco é carismático e humilde, entre os fíes chega a ser comparado a Dom Abel, primeiro Bispo da Diocese. 

Dom Francisco comanda um programa de rádio, tem perfis nas redes sociais, joga vôlei, participa de eventos sociais, atende a todos os pedidos de fotos, visita as barracas durante os festejos e até samba. 

Dom Francisco é Paraibano, natural da cidade de Esperança, nasceu no dia 05 de Fevereiro de 1968, em uma família simples com forte influência católica, sendo o terceiro filho de sete irmãos.

Sua formação religiosa e acadêmica foi toda recebida no Brasil. Em 1994 formou-se em Filosofia pelo Instituto Teológico e Pastoral, e em 1999 formou-se no grau de bacharel em Teologia pelo Instituto Teológico São Paulo, com diploma pelo Instituto Santo Anselmo, de Roma. Sua Ordenação Sacerdotal aconteceu em sua terra natal, no dia 22 de julho de 2000.

Em 2010 concluiu o curso de Jornalismo pela Universidade Católica de Pernambuco, chegando a produzir programas de rádio, entre eles, o “Caminhos da Fé”, da Rádio Olinda (PE) e a publicação “Dom Helder Abrindo Caminhos”.

Em 2017, atuando como vice provincial dos Redentoristas em Recife e pároco na paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em Garanhuns (PE), veio a ser nomeado pelo Papa Francisco como novo bispo da Diocese de Campo Maior, no dia 21 de junho.

454333234

O prefeito de Campo Maior, Professor Ribinha, garantiu durante entrevista que concedeu à Rádio Meio Norte de Campo Maior, nessa sexta-feira, 15, que Campo Maior tem garantido R$ 3,5 milhões destinado a calçamento para os bairros da cidade. O dinheiro é oriundo do Governo do Estado, através de empréstimo da Caixa Econômica Federal.
radiocalcamento 10

Professor Ribinha disse que R$ 2 milhões está prometido através de emenda do deputado Aluísio Martins e o restante é através de convênio direto com o Governo do Estado. “Estamos nos detalhes finais para que o dinheiro seja liberado e para as obras começarem”, destaca o prefeito.

O prefeito disse que o calçamento atenderá, prioritariamente, bairros como o Cidade Nova, Parque Estrela, Paulo VI e Santa Rita. “Mas a intenção é beneficiar toda a cidade de Campo Maior”, lembra Ribinha.
radiocalcamento01

Sobre a estrada que liga Campo Maior a Coivaras, Professor Ribinha disse que o recurso está garantido e que até o final desse mês de junho o governador Wellington Dias estará assinando a ordem de serviço autorizando o início do asfaltamento da PI-222.   

paraiba60pronto