trilhafull

Parceria vai garantir mais segurança aos alunos, professores e ao patrimônio público

cc1

O município de Campo Maior, por meio da Secretaria de Educação abre mais uma parceria com o 15º Comando da Polícia na cidade. Na manhã desta quarta-feira (10.01), numa reunião com a secretária Conceição Lima, e o comandante, o major Etevaldo, ficou acertado, que o serviço de policiamento ostensivo vai estar mais presente nas escolas, dando segurança aos alunos, professores e ao patrimônio público.

No ano passado, o Comando e a Secretaria na mesma parceria implantaram em 10 escolas o PROERD – Programa de Enfrentamento as Drogas. O prefeito professor Ribinha ficou sensibilizado e convencido dos resultados e anunciou, que em 2018 o PROERD continuará, como também outras parcerias para garantir segurança onde for necessário.

“A Polícia Militar do Piauí representada aqui em Campo Maior pelo 15º Batalhão, não poderia de forma alguma deixar de colaborar com a Secretaria de Educação, para que pudéssemos dar apoio neste momento, de  fortalecer os vínculos com o município para intensificar o policiamento nas imediações das escolas”, explicou o major.

cc3

A secretária passou ao major uma relação de escolas, que necessitam e têm um histórico de ocorrências e a PM vai intensificar as rondas nas proximidades das que ficam na zona urbana, onde as viaturas já circulam normalmente, todos os dias, durante 24 horas, nos mais diferentes bairros tanto do centro quanto os periféricos.

“A PM trabalha com a manutenção da ordem é nossa missão constitucional, temos os prédios público do Estado e do município, a segurança das pessoas e dos bens, patrimônio estatal. Se há problemas onde a ordem é quebrada a PM é chamada. Isto está acontecendo e viemos para firmar a parceria para coibir ações delituosas: arrombamentos de escolas, problemas envolvendo brigas de alunos, e proteção aos servidores”, disse o major.

O major explicou ainda, que não haverá nem um prejuízo para a sociedade nos pontos de vista de desvio de funções porque as viaturas vão está nas ruas normalmente. "Nós é que estaremos dando uma atenção mais especial nas escolas, fazendo paradas, o polícia vai entrar, vai checar, conversar com o diretor e o professor saber se está tudo bem e continuar com as rondas nos bairros”, ressaltou o comandante Etevaldo.

Texto e Fotos: Valdamir Alvarenga

paraiba60pronto