trilhaoutubro2018

Vigilância Sanitária proíbe comercialização de água com vasilhames vencidos

Atendendo a uma portaria da Vigilância Sanitária Estadual, os distribuidores e revendedores de água mineral em Campo Maior não estão mais envazando e comercializando garrafões de 20 litros com prazo de validade vencido. Esses vasilhames têm vida útil de até três anos.
aguacristalina


A medida obrigou os distribuidores e revendedores a não mais comercializar água com vasilhames vencidos. Os representantes das distribuidoras e revendedores de água em Campo Maior estiveram reunidos, na semana passada, com o prefeito Professor Ribinha para comunicar a medida e solicitar apoio ao poder municipal.

“A partir de agora não estamos mais envasando água com garrafões vencidos. Temos que cumprir a portaria da Vigilância Sanitária. Os consumidores devem procurar seus revendedores para obter mais informações ”, disse o distribuidor da Água Cristalina do Piauí, Gilberto Alves.

Os consumidores, na hora da compra, também não podem mais aceitar dos revendedores a venda de água com vasilhames vencidos. Só estão com validade em dia os garrafões com data de fabricação após dezembro de 2015, antes desse período o recipiente terá que ser descartado.


O comunicado da Vigilância Sanitária foi feito pela diretora da Unidade de Vigilância Sanitária Estadual, Tatiana Vieira Souza.  No seu despacho a diretora disse que a expiração do prazo de validade provoca alterações no vasilhame, que comprometem a qualidade higiênico-sanitária da água mineral comercializada.

  

paraiba60pronto