trilhaunook

Pangaré, considerado perigoso, consegue fugir da Delegacia de Campo Maior

O acusado de fazer vários assaltos em Campo Maior, André Luiz Soares da Silva, mais conhecido como "André Pangaré", que havia sido preso na noite desse sábado, 09.02, pela Polícia Militar, conseguiu fugir de uma das celas do 1º Distrito Policial, na manhã dessa segunda-feira, 11.02, após escavar um buraco na parede.
pangare 

Pangaré é considerado um preso perigoso, já que é fugitivo do sistema prisional e também nos últimos dias vinha aterrorizando a população de Campo Maior com vários assaltos a mão armada. Ele é suspeito de participar do assalto a Drogaria Bom Preço, realizado na semana passada, no Centro de Campo Maior, e também da Panificadora Taki, no Bairro Cariri.

Pangaré é foragido da Colônia Agrícola Major César, em Altos, e contra ele pesam várias acusações de assaltos a mercadinhos, farmácias e padarias, além do roubo de motocicletas.

A prisão de "Pangaré" tinha sido feita na noite desse sábado (10), no bairro Santa Rita, em Campo Maior, após uma ação planejada dos policiais militares, que receberam informações sobre a localização do foragido.

De acordo com o policial Baker Martins, o foragido conseguiu escapar após cavar um buraco na cela. “Como o teto é de madeira, arrancam lascas de madeira e cavam. As paredes do prédio são de adobe, por isso a facilidade das fugas. Já foi autorizada, pela SSP, a construção de novas celas”, detalha o policial.

paraiba60pronto