trilha070219ok

bri8

A satisfação dos pais em colocar os filhos para estudarem em uma das 26 escolas públicas Municipal de Campo Maior, que trabalham para alcançar um padrão de qualidade uniforme na rede. Nesta segunda-feira, (18.02) foram entrevistados alguns pais e o diretor da escola Briolanja Oliveira, no bairro de Flores - Ednaldo Alves, onde estão matriculadas 420 alunos do município - divididos em dois turnos.

José da Cunha, pai de um aluno, pouco mais de três dácadas estudava no Briolanja, hoje volta a mesma unidade de ensino para deixar o filho. Ele ouviu do diretor, as determinações que os responsáveis precisam seguir para ajudar a construir a educação que sonham para o futuro das crianças.


"Eu estudei aqui quando criança, não era desta forma, era muito diferente, agora sim, tem segurança, antes o muro era baixo, pulavamos, hoje as salas possuem arcondicionados, tem regras, eu só tenho é que agradecer pelo meu filho está estudando em uma escola pública e de qualidade", declarou o pai.

bri3


A dona de casa Fabiana, residente na região de Flores, todos os dias deixa seus filhos nas escolas do município. Ela também foi ouvida quando chegava no Briolanja. Ao ser questionada sobre o que achava da escola, conceituou como ótima e se sente segura por ter um filho estudando no Colégio.

UMA ESCOLA QUE CHEGOU AO CHILE - O diretor do Briolanja, Ednaldo Alves, empolgado fala como conduz a administração  criando a sintonia de sucesso, envolvendo alunos, professores, pais e os demais servidores no trabalho educativo, para o futuro das crianças matriculadas na escola.

"Até o momento a equipe gestora e os pais estão se entendendo bem no que precisa ser feito de ambas as partes. O Briolanja é uma escola grande, parte dela tem salas  climatizadas, outras com ventiladores novos, suprindo as necessidades dos alunos", contou o diretor.

bri9

"A relação que a direção tem com os pais é bos, graças a Deus, não temos reclamações, eles estão satisfeitos com o nosso trabalho e com o empenho dos professores. Possuímos um quadro de profissionais com excelente formação, dedicados e compromissados com o ensino e com os alunos".


DESTAQUE - Simbolizando a qualidade do ensino e os demais estudantes, o Briolanja Oliveira tem o aluno Léo Pereira, que viajou ao Chile e Colômbia representando o Brasil em projetos científicos orientado pela professora da escola Silvana Orsano.


"Como Léo, no ano passado, outros alunos destacaram-se ganhando medalhas na Olimpíada Piauiense de Português. Este ano vamos incentiva-los mostrando para eles que a educação é o caminho para evitar o mundo da criminalidade", explicou o diretor.

bri17


UMA ESCOLA QUE PODERÁ CHEGAR AOS EUA - No ano passado, o aluno José Antônio, do 7 Ano, participou de um concurso de desenho, numa parceria da Escola com o Lions Clube de Campo Maior. Do Brasil ele é um dos que concorrem para ir aos Estados Unidos. Ele já foi classificado e disputa com outros a viagem para mostrar seus talentos nos EUA.

A BOA RELAÇÃO COM OS GESTORES - A Escola Briolanja Oliveira recebeu os 420 alunos do antigo prédio do Raio de Esperança, com mais quatro salas amplas, três para ensino normal e uma de Assistência a Alunos Especiais - AEE, mais salas para a direção e outra para os professores construídas pela Prefeitura de Campo Maior.

"Toda reivindicação dos pais, professores e alunos levamos ao prefeito Professor Ribinha e a secretária de Educação Conceição Lima, sempre para melhorar a qualidade da escola. Eles prontamente têm tido a sensibilidade de nos ouvir e nos atender", demonstrou o diretor.

 bri11

bri13

bri15

bri4

bri10

bri7

Cópia 2 de salvar liiii

Prefeito Ribinha e secretária Conceiçao Lima tem atendido as solicitaçoes dos pais para o bom funcionamento da escola

Texto e Fotos - Valdamir Alvarenga

euc

 

Uma colisão entre uma motocicleta e um veículo, tipo S-10 ocorrida no final da tarde deste domingo, 17.02, na Pi - 215, de acesso Campo Maior a Coivaras e várias localidades do "Pé da Serra" levou a óbito, o primo do prefeito Professor Ribinha, o açougueiro Euclides Fortes Carvalho, 55 anos.

Segundo testemunhas, que não  quiseram ser identificadas, a moto percorria em direção às localidades da Serra de Santo Antônio e o carro em sentido contrário, em direção à Campo Maior.

serra
 "No momento do acidente estava chovendo fraco, mais houve o choque, a estrada carrocal estava escorregadia e cheia de pequenas poças de água. O impacto da batida foi tão forte que os pés do homem ficaram descepados", contou uma pessoa que viu quando retornava de um banho na Serra.


Segundo uma testemunha, o SAMU foi ao local, mas quando chegou o motociclista já estava morto. " O cidadão da moto morreu na hora. O SAMU foi e constatou o óbito", disse.


Euclides Fortes estava residindo na cidade de Teresina, veio ao "Pé da Serra" participar da comemoração do aniversário de uma das filhas, a psicóloga Elisse. Ao término da comemoração ele aproveitou para visitar conhecidos e parentes, quando no deslocamento sofreu o acidente. O corpo foi levado ao Necrotério do Hospital Regional de Campo Maior.

serra4

serra5

Texto - Valdamir Alvarenga e Jonas Sousa

Fotos - Josué Pires

fon5

A presidente do SINTE Regional de Campo Maior, Jacinta Bandeira, na companhia de outros diretores da entidades participaram neste final de semana, do Encontro de Diretores do SINTE, na cidade de São Raimundo Nonato.

 A abertura aconteceu no dia15 sexta-feira, e o encerramento foi neste domingo (17). Na pauta, foram refletindo vários temas: Análise de Conjuntura, ministrado pela presidente estadual Paulina Pereira e por outros representantes como Paulo Bezerra e Fábio Matos; Políticas Educacionais, com Lucine Rodrigues e Fábio Matos; Campanha Salarial 2019 e Congresso do SINTE Pi; e Previdência Nacional e Estadual.

font7
"Aconteceram também informes das secretarias e núcleo regiona". A chegada dos diretores à capital piauiense está prevista para às 22 horas deste domingo.

font6

fon2

Após o encontro os diretores das regionais aproveitaram para visitar o Museu do Homem Americano e ao Museu da Natureza

 

O maior colunista social de Campo Maior de todos os tempos, Lenir Freire da Silveira, de 67 anos, que se batizou artisticamente Liny Chapplin, morreu nessa manhã de domingo, 17.02, no Hospital Natan Portela, em Teresina, após passar uma semana internado em estado grave.
leny chaplin

O corpo Leny será levado ainda hoje para Coivaras, sua cidade natal, onde será sepultado na manhã dessa segunda-feira, 18, no cemitério local. Os familiares do colunista não informaram qual a doença que ocasionou a sua morte.

Leni atual por décadas no colunismo social no rádio e em jornais de Campo Maior. Ele também atuou como promotor de eventos na cidade. Leni também era um ativista do movimento defensor dos direitos dos homossexuais.   

paraiba60pronto