trilhaoutubro2018

ESPORTE

 

Com um investimento de R$ 40 mil e a participação de 22 equipes de Campo Maior, a Prefeitura de Campo Maior, por meio do Departamento de Esportes, encerrou o Campeonato Amador 2017. O jogo final foi debaixo de chuva, mas o Trilhão (Bairro de Fátima), sagrou-se campeão, após disputa de pênaltis com o time do Bangú, (São João).
amadorfinal 143

O jogo no tempo normal foi mesmo zero a zero, em uma partida onde o destaque foram os goleiros Fabinho (Trilhão) e Neto (Bangú). Mas na loteria dos pênaltis, o Trilhão teve mais frieza para converter quatro batidas e o adversário só três.
amadorfinal 42
amadorfinal 43

O prefeito Professor Ribinha entregou, ao lado do deputado Aluísio Martins e do presidente da FUNDESPI, Paulo Martins, o troféu de campeão aos atletas do Trilhão na noite dessa terça, 14, no Estádio Deusdeti Melo. Além do troféu o time do Bairro de Fátima ainda recebeu R$ 6 mil de premiação.
amadorfinal 15

Ribinha disse que o esporte é uma atividade que sempre terá a atenção e o investimento do Poder Municipal.
amadorfinal 17amadorfinal 24amadorfinal 47amadorfinal 48amadorfinal 80amadorfinal 82amadorfinal 142amadorfinal 37

6781

O Caiçara solicitou à Federação de Futebol do Piauí (FFP) o retorno à Série A do Campeonato Piauiense. A vontade dos alvirrubros, no entanto, esbarrou nas sanções impostas pela entidade. Os dirigentes do Leão de Campo Maior se reuniram com o presidente da FFP, Cesarino Oliveira, em Teresina, para pedir o fim da punição que promete afastar o clube por dois anos por não comparecer a dois jogos do estadual do ano passado. O clube quer provar judicialmente que o banimento foi ilegal.

A situação do Caiçara é a seguinte: até o dia de ontem não tinha sido revogada a decisão de que determina a participação do clube no estadual. Até ontem pela manhã eu estive na sede do Ministério Público do Trabalho (MPT) e ainda era válida. Essa decisão do procurador do trabalho ainda não chegou até nós, e ele não está determinando participação em campeonato. Ele não pode fazer isso. O campeonato tem suas regras e precisam ser cumpridas – destacou Cesarino Oliveira.

Firme na decisão de manter o afastamento do clube de Campo Maior, Cesarino Oliveira enfatizou que a única alternativa de retorno do Leão à elite será na disputa da Série B do estadual em 2018.

Para voltar à elite, ele vai ter que disputar a 2ª divisão. A lei não permite que ele retorne como convidado. Independente da decisão judicial que for, não vemos condições de o Caiçara atuar na Série A do estadual. O Caiçara foi quem se excluiu. Não fomos nós. Não fui eu que determinei o WO. Eu não aceito eles dizerem que foi arbitrária essa decisão – concluiu o presidente da FFP.

Um acordo firmado entre o Caiçara Esporte Clube e o Ministério Público do Trabalho, (MPT), no Piauí, vai permitir que o Caiçara Esporte Clube participe do Campeonato Piauiense de 2018.  O entendimento entre o MPT e o clube campomaiorense foi firmado após audiência nessa segunda-feira, 06.11, em Teresina.
caicara1

O presidente do Caiçara, Francisco Ispo, participou da audiência como representante do clube. Ele disse que o Caiçara se comprometeu a pagar, de forma parcelada, todas as dividas cobradas pela Justiça do Trabalho.

Em contrapartida o Ministério Público, através do procurador Edinaldo Rodrigo Brito,   encaminhará à Federação de Futebol do Piauí, (FFP), a recomendação liberando o Caiçara para o Campeonato Piauiense de 2018. 

O Caiçara tentou participar do campeonato em 2017, mas a FFP negou a inscrição, por conta do impedimento imposto pelo Ministério Público do Trabalho.
caicara

Neste domingo 22/10, Teresina sediou a etapa 2017 da Volta da Cajuína. O evento foi realizado pelo Governo do Estado por meio da Fundação dos Esportes do Piauí (Fundespi) e definiu dois representantes do Piauí que ganharam vaga na corrida de São Silvestre no final do ano em São Paulo com tudo pago. Na oportunidade o Secretário de Esportes do Estado Paulo Martins  acompanhado do Deputado  Estadual Aloisio Martins realizaram a entrega da premiação aos vencedores da prova.

CAJU

Anderson Sousa Nascimento que chegou em quinto lugar e Ana Célia Gonçalves que cruzou a faixa de chegada em segundo lugar de Amorim foram os atletas que moram no Piauí melhores colocados na competição e, por isso, vão representar o estado na mais famosa maratona de rua - a Corrida de São Silvestre, no dia 31 de dezembro em São Paulo. 

A largada da Corrida Volta da Cajuina aconteceu no Parque Potycabana, às 7h. Homens e mulheres saíram ao mesmo tempo e enfrentaram o percurso de 10,9 km. A classificação geral dos competidores se deu através do sistema de chips. Sendo que os três primeiros colocados nas categorias masculino e feminino foram decididos pela ordem de chegada e os demais pelo tempo líquido da prova.

Foto: CV

Com Informações CV

paraiba60pronto