trilhaoutubro2018

ESTADUAL

 

89045

O prazo para realizar inscrições do concuso público do Ministério Público do Estado do Piauí (MP - PI), cujo objetivo é o provimento de vagas e formação de cadastro reserva ao cargo de Promotor de Justiça Substituto, seguem até às 18h de 19 de dezembro de 2018 por meio do site www.cespe.unb.br. É necessário efetuar o pagamento de taxa no valor de R$ 250,00 para a homologação das candidaturas.

Este certame será regido pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), no qual terá a participação da Ordem dos Advogados do Brasil - OAB da Seccional de Teresina - PI.

Para participar é necessário que o candidato possua diploma devidamente registrado, de conclusão do curso de bacharelado em Direito, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC) e comprovação mínima de exercício por três anos de atividade jurídica.

São ao todo cinco vagas disponíveis, sendo que desse total há oportunidades reservadas para pessoas com deficiência. O valor da remuneração para este cargo é de R$ 24.818,90.

Após a primeira fase que é constituída da inscrição provisória, os candidatos serão submetidos a Prova Preambular, composta de 100 questões com as seguintes disciplinas/ em cinco grupos: Grupo I - Direito Constitucional, Direito Eleitoral, Direito Penal, Direito Processual Penal; Grupo II - Direito Civil, Direito Processual Civil, Direito da Infância e Juventude, Direito do Consumidor; Grupo III - Direito Administrativo, Direito Ambiental, Direito Financeiro e Tributário; Grupo IV - Direito Material Coletivo (difusos, coletivos e individuais homogêneos), Direito Processual Coletivo, Legislação do Ministério Público, Noções Gerais de Direi to e Formação Humanística. Esta fase está prevista para ser aplicada no dia 3 de fevereiro de 2019

Já a segunda fase é composta de duas Provas Discursivas, sendo a primeira construída de Peça Processual ou Dissertação na data provável de 9 de março de 2019 e a segunda de três questões Dissertativas no dia 10 de março de 2019.

Aos aprovados nas fases anteriores, será requerido para os candidatos a Inscrição Definitiva, que compõe a terceira fase, no qual deverão entregar no endereço a ser divulgado por ocasião da publicação da convocação para essa fase, os documentos comprobatórios. Também será aceita a documentação por procuração. Ainda nesta etapa será realizada exames de higidez física e mental e realização de sindicância de vida pregressa.

Por fim a quarta e última fase é composta de Prova Oral e Avaliação de Títulos. Consulte em nosso site o edital completo deste Concurso Público que tem validade dois anos, a partir da homologação do resultado final.

3434556554

O governador reeleito Wellington Dias e a vice-governadora eleita, Regina Sousa, serão diplomados na próxima segunda-feira (17), às 19h. A solenidade será realizada no auditório do Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI).

Na oportunidade devem ser diplomados além do governador e da vice-governadora, 30 deputados estaduais, 10 federais, 5 suplentes de cada coligação, senadores e suplentes. Totalizando 83 candidatos a serem diplomados durante a cerimônia.

A cerimônia de diplomação atesta que os escolhidos pelos eleitores cumpriram todas as formalidades previstas na legislação eleitoral e a entrega dos diplomas confirma que os eleitos estão aptos a tomar posse nos mandatos para os quais foram eleitos a partir de 1º de janeiro de 2019 nos termos da Constituição Federal. Para receber o diploma, é necessário que eleitos e suplentes estejam com o registro de candidatura deferido e as contas de campanha julgadas, não necessariamente aprovadas.

O governador reeleito destaca a importância da cerimônia para os eleitos e para a sociedade. "A diplomação é um momento muito importante para mim, enquanto político, pois mostra que toda a nossa campanha foi realizada de forma idônea. Me sinto muito honrado em ter sido escolhido democraticamente pelo nosso povo para representar o Piauí pela quarta vez. Aqui destaco o desempenho do TRE que merece todo o nosso respeito por ter realizado de forma transparente e eficiente esse período eleitoral", disse Wellington Dias.

*Com informações do TRE-PI

DSC 5913

Cerca de 1200 pessoas estão sendo beneficiadas com a entrega de aparelhos ortopédicos, nesta quinta-feira (22), no Ginásio Poliesportivo Governador Freitas Neto em Campo Maior, por meio do Passo à Frente. A ação é desenvolvida pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), em parceria com a Secretaria de Estado para Inclusão da Pessoa com Deficiência (Seid), Prefeitura de Campo Maior e Secretaria Municipal de Saúde.

O evento contou com a presença do prefeito Professor Ribinha, do secretário estadual da Pessoa com Deficiência, Mauro Eduardo, do secretário municipal de Saúde de Campo Maior, Marcelo Miranda, vereadores e populares.

Adultos, idosos e crianças, dos municípios de Campo Maior, Cocal de Telha, Jatobá do Piauí, Boqueirão do Piauí e Cabeceiras do Piauí estão recebendo 995 equipamentos ortopédicos entre próteses, órteses, coletes, botas, palmilhas, andadores, bengalas, sapatos pé diabético, cadeira de rodas e cadeiras de banho.

“Por meio da oficina itinerante, proporcionamos um serviço que antes somente Teresina ofertava. Com o Passo à Frente, facilitamos o acesso da população a um serviço tão importante para milhares de pessoas, que vai permitir mais mobilidade e qualidade de vida a essas pessoas”, destacou o prefeito Professor Ribinha.

DSC 5927

O programa Passo à Frente leva o serviço para mais perto dos usuários, proporcionando mais mobilidade e acessibilidade a pessoas com deficiência. Já são mais de 7 mil beneficiados, em mais de 70 municípios. Em formato itinerante, o programa possibilita o atendimento o mais próximo do usuário, sem a necessidade do deslocamento para a capital, disponibilizando equipamentos ortopédicos, como órteses e próteses.

DSC 5905555

DSC 5938

proteses 170

DSC 5855

DSC 5817

DSC 5831

DSC 5823

DSC 5930

DSC 5864

4222134

43333367

DSC 5811

DSC 5821

DSC 5839

DSC 5810

DSC 5808

DSC 5939

DSC 5852

43333

O governador Wellington Dias (PT) anunciou, nessa quarta-feira (24), o início da construção do maior parque de energia solar da América Latina, no sul do Piauí. O empreendimento, denominado “São Gonçalo”, ficará no povoado Santa Marta, zona rural de São Gonçalo do Gurguéia, a 790 km de Teresina.

Em reunião com representantes da Tozzi Industrires, empresa contratada para a execução das obras físicas, ficou definido o início dos trabalhos para o dia 5 de novembro. A intervenção representa uma injeção significativa de recursos no estado.

"É um investimento de R$ 1,2 bilhão na fase inicial, chegando a R$ 3,6 bilhões até a conclusão. Representa emprego e renda para aquela região e vamos apoiar em tudo que pudermos" revelou o governador.

A área adquirida para instalação do parque tem 600 hectares. A licença ambiental foi emitida quinta-feira passada. No momento, operários trabalham na retirada da vegetação. O próximo passo é a construção do acampamento e do canteiro de obras. A expectativa é de gerar 1.400 postos de trabalho.

“A nossa intenção é incentivar as empresas locais e a contratação de trabalhadores da região. Notamos pessoas qualificadas na região, faltando apenas experiência. Com esse projeto, geraremos muitos empregos”, ressaltou Felipe Vieira, superintendente civil da Tozzi.

O governo fará investimentos em diferentes áreas para garantir a infraestrutura e os serviços necessários para a instalação do empreendimento. Por determinação do governador, técnicos das secretarias de Educação, Saúde, Segurança, Tecnologia e Trabalho, estão realizando levantamentos na região de São Gonçalo do Gurguéia para providenciar estruturas de hospital, capacitação de mão-de-obra, sinal de internet, entre outras.

“O hospital regional de Corrente será um suporte para São Gonçalo. Ele está passando por ampla reforma, em breve contará com UTI”, pontuou o secretário do Estado da Saúde, Florentino Neto.

A primeira fase de construção do parque São Gonçalo deve durar um ano e meio. A estrutura inicial permitirá a geração de 475 megawatts de energia, o dobro da capacidade do maior parque de energia solar em operação na América Latina, o Nova Olinda, localizado em Ribeira do Piauí. Depois de concluídas todas as etapas, o que deve ocorrer em 4 anos, São Gonçalo poderá atingir a geração de 875 megawatts de energia limpa.