trilhafull

Governador promete casa e ajuda financeira para família menina morta por Policiais

O governador Wellington Dias (PT) recebeu no Palácio de Karnak, na manhã desta segunda-feira (8), os pais da menina Emilly Caetano Costa, morta aos 9 anos durante uma abordagem policial mal-sucedida, por volta da meia-noite do dia 25 de dezembro de 2017.

mininamorta

Participaram do encontro com Wellington os pais de Emilly, Evandro Costa e Daiane Félix Caetano, além do avô da menina, que é pai de Daiane.

No encontro, que iniciou às 11 horas e se estendeu até por volta do meio-dia, o chefe do Executivo afirmou que o estado vai garantir toda a assistência de que a família necessita. 

Evandro Costa, que foi atingido por um tiro na cabeça e teve a audição de um dos ouvidos comprometida, receberá tratamento no Centro Integrado de Reabilitação (Ceir).

Além disso, Wellington afirmou que o Governo vai doar uma casa para a família, por meio da Agência de Desenvolvimento Habitacional do Piauí (ADH), e ainda vai oferecer uma ajuda financeira.

Segundo o advogado da família, Thales Cruz, o valor e o período de recebimento do auxílio pecuniário não foi definido na reunião desta manhã, o que ocorrerá a partir de uma análise da Secretaria de Assistência Social e Cidadania (Sasc).

Além do advogado, também acompanhara a reunião três secretários estaduais: Rejane Dias, da Secretaria de Educação e Cultura (Seduc), José Santana, da Sasc, e Daniel Oliveira, da Secretaria de Justiça do Piauí (Sejus).

Família vai pedir indenização na Justiça

Mesmo com as garantias dadas pelo governador, o advogado Thales Cruz afirma que a família ainda ajuizará uma ação judicial para pedir o pagamento de uma indenização ao estado do Piauí. 

Com informações odia