trilhafull

Professora viu desespero de criança abusada por diretor de escola

Uma equipe de reportagem do programa 70 Minutos entrevistou, com exclusividade, uma professora que trabalha na escola em que crianças eram abusadas sexualmente pelo dono, que também é diretor.

professoradiretor

A profissional, que não quis ter identidade revelada, afirmou que presenciou o desespero e o choro compulsivo da criança. Segundo ela, os professores eram proibidos de ter contato com os pais dos alunos.

''Eu entrei em sala de aula e tinha uma criança bastante desesperada, chorando e se tremendo toda e eu fui perguntar o que estava acontecendo. A criança, com medo, não falou e de imediato eu fiquei insistindo, até que ela disse que queria ir pra casa'', afirmou.

A professora acrescentou que após insistir muito a criança relatou o que tinha acontecido.

''Ela havia saida da sala para pegar um caderno e neste exato momento o dono da escola empurrou ela na parece e quis beijá-la à força na boca, mas ela evitou e não deixou. O diretor só não continuou porque ouviu a voz a filha vindo em direção'', relatou. 

A mãe de uma das vítimas também foi ouvida pela reportagem: ''Ela falou que o tio Monteiro (dono da escola) estava fazendo isso com ela e me citou onde que ele tocava nela e sempre na sala dele''. 

Antônio Monteiro foi indiciado por estupro de vulnerável e pode ser condenado de 8 a 15 anos de reclusão.

Com informações MN