trilhaoutubro2018

Mais de 200 famílias já deixaram suas casas por causa de alagamento no Piauí

Devido as fortes chuvas e os alagamentos mais de 200 famílias deixaram suas residências no Piauí. De acordo com a Defesa Civil Estadual até está terça-feira 10/04, 237 estavam em abrigos públicos.   A situação é mais séria nas cidades de José de Freitas, Cabeceiras e Barras.

O Governo do Piauí determinou nesta terça-feira 10/04, a ida de 150 policiais militares para atuarem na interdição da área que compreende a Barragem do Bezerro, em José de Freitas, bem como ajudarem na remoção das famílias que estão em locais de risco.

30624273 2113702982174427 1435977703592296448 n

O governador Wellington Dias visitará, nesta quarta-feira 11, a partir das 8h, a Barragem do Bezerro e a Escola Municipal Agripino Portela - escola onde algumas famílias de José de Freitas estão alojadas.

O chefe do executivo estadual piauiense irá até o local acompanhar as ações que estão sendo realizadas pelo Governo do Estado, através dos órgãos Bombeiros, Polícia Militar, Idepi, Seinfra, Defesa Civil, Segurança Pública, além da Guarda Municipal e o Exército Brasileiro.

DSCF1932 540x350

Desde o último domingo 8, medidas estão sendo tomadas para o controle da situação.  Além de barrar o vazamento e evacuar a população ribeirinha, o escoamento da água para municípios vizinhos está sendo providenciada pelos órgãos responsáveis e intervenções nas outras cidades também estão sendo feitas.

Os municípios monitorados foram ampliados e agora são: José de Freitas, Luzilândia, Joca Marques, Madeiro, Esperantina, Cabeceiras, Barras e Batalha.

Com informações portalaz