trilhaoutubro2018

ESTADUAL

 

O governador Wellington Dias acompanhou, na manhã desta quinta (14), a entrega de 22 viaturas que vão ajudar no reaparelhamento da Polícia Militar e Polícia Civil e no combate a violência nos municípios do Piauí. A solenidade aconteceu no Quartel do Comando Geral da PM (QCG) e contou com a presença do segurança do secretário de Segurança, coronel Rubens Pereira; deputado federal Fábio Abreu e delegados das cidades que serão beneficiadas. 

As viaturas foram compradas com recursos do tesouro estadual e de emendas do deputado federal, Fábio Abreu. Os veículos serão enviados para os municípios Luís Correia, Nazária, Demerval Lobão, Parnaíba, Piripiri, Campo Maior, Picos, Floriano, Boa Hora, David Caldas. O investimento está avaliado em mais de R$ 2 milhões de reais. Em Teresina, as viaturas irão cobrir os bairros Santa Maria da Codipi, Vale do Gavião e Jardim Europa. 

53c89dd9879178f8a701fa77245cc61d

O chefe do executivo estadual comemorou a entrega das viaturas e reafirma o compromisso do Governo do Estado de ouvir a população e atender demandas. “Temos ouvido bastante a comunidade, a partir disso fizemos um plano para atender alguns pedidos. Essas viaturas permitem que os profissionais trabalhem melhor equipados. Temos aqui a certeza de que haverá resultados positivos com relação à redução da violência”, disse Wellington Dias. 

Segundo o secretário de Segurança, o Governo do Piauí vem fazendo esforços para que o estado possa oferecer mais segurança para a população. “Desde 2015 estamos verificando e vendo a importância de focar na segurança pública para poder melhorar o desenvolvimento econômico do estado. Se a segurança não vai bem, o comércio não vai bem. As instituições financeiras não funcionam, então o desenvolvimento econômico é afetado. Diante disso, o governador focou na segurança pública e hoje estamos vendo esse resultado em conjunto com a bancada federal”, disse o coronel Rubens Pereira.  

Além das viaturas, o deputado federal Fábio Abreu informou que, em breve, serão entregues para o Piauí, através da Secretaria Nacional de Segurança, picapes, fuzis, pistolas e coletes. “É com muita alegria que estamos aqui entregando essas viaturas junto com o governador Wellington Dias, um investimento feito com recursos do estado e emendas parlamentares destinadas a segurança pública. São viaturas a diesel que irão atender Parnaíba, Picos, Floriano, Piripiri, entre outras, além dos principais bairros de Teresina. São equipamentos que irão ajudar na redução da violência no nosso estado”, afirmou o secretário. 

Menor taxa de homicídio do Nordeste 

Em divulgação de recente pesquisa realizada pelo pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) e pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, o Piauí tem a menor taxa de homicídios do Nordeste e a terceira menor do país. Os dados apresentados são referentes ao ano de 2016 e mostra que o estado registrou uma taxa de 21,8 mortes para cada 100 mil habitantes Os números são frutos de uma política de trabalho integrado entre as instâncias no estado.

Com informações CV

A mãe e a avó do bebê morto carbonizado durante incêndio em uma residência em Timon (MA), cidade vizinha a Teresina, foram indiciadas por homicídio culposo e abandono de incapaz. O delegado do caso, Bel Hermes, informou nesta segunda-feira (11), que a investigação apontou a negligência das responsáveis ao deixar três crianças sozinhas em casa.

O caso aconteceu no dia 3 de maio deste ano, quando a mãe saiu para comprar um remédio e deixou os três filhos em casa, mas pediu a avó, que morava próximo, olhasse eles e a mesma estava tomando banho quando o fogo começou.

Após a saída da mãe, a criança de 7 anos foi para a residência da avó. No momento do incêndio, vizinhos ouviram o menino de 3 anos chorando por causa das chamas e arrombaram a casa para salvá-lo. Já o bebê de um ano estava dormindo no sofá e morreu carbonizado.

 whatsapp image 2018 05 03 at 13.32.21

De acordo com o laudo pericial do Corpo de Bombeiros, um curto-circuito em uma tomada teria iniciado o incêndio. Segundo o delegado Bel Hermes, os acontecimentos indicam negligência das responsáveis ao deixar os menores sem supervisão.

"No meu entendimento, houve em um primeiro momento o abandono de incapaz e depois o homicídio culposo pela negligência de deixar essas crianças sozinhas", informou o delegado.

O inquérito foi encaminhado para a Justiça e está sob análise do Ministério Público antes que a denúncia seja formalizada.

Com informações G1

O Núcleo de Concursos e Promoção de Eventos (Nucepe) da Universidade Estadual do Piauí (Uespi) divulgou no início da tarde desta segunda-feira (11) os cadernos de provas e os gabaritos oficiais preliminares do concurso da Polícia Civil do estado, que oferece oportunidades para os cargos de delegado e agente. A aplicação ocorreu neste domingo (10).

concurso publico dicas

Clique aqui para conferir o gabarito 

Vencimentos iniciais são de R$ 16.391,11 para delegado e de R$ 5.736,88 para agente. O primeiro cargo tem a oferta de 50 vagas (5 para pessoas com deficiência), e o último, 250 (sendo 25 para PCDs). Todas são para cadastro de reserva, mas a Secretaria de Segurança Pública afirma que todos serão nomeados.

Do total de 21.356 candidatos inscritos, 3.277 faltaram ao certame, o que corresponde a uma abstenção de 15,34%. 

Para as vagas de agente, dos 15.238 inscritos, 2.290 não compareceram (abstenção de 15,02%). Para o cargo de delegado, do total de 6.122 inscritos, 987 faltaram à prova (abstenção de 16,12%).

Serão corrigidas as provas discursivas dos candidatos classificados na posição até três vezes o total de vagas disponibilizadas, mais os que ficarem empatados na última colocação. 

Fases

O certame para a vaga de delegado tem sete etapas: prova dissertativa (10/06); 2ª Etapa – Prova Escrita Dissertativa (8/7); avaliação de títulos; exame de saúde; teste de aptidão física; avaliação psicológica; e investigação social.

Para o cargo de agente, além desta primeira fase escrita objetiva e dissertativa, os candidatos passarão por mais quatro etapas: exame de saúde; teste de aptidão física; avaliação psicológica; e investigação social.

Para perito, serão três etapas a serem realizadas. A primeira (provas objetiva e dissertativa) ocorre no dia 1º de julho.

Com informações odia

Um homem de 27 anos foi preso preventivamente por suspeita de estupro de vulnerável, na manhã desta quinta-feira (7), em Miguel Alves, município a 117 km de Teresina. De acordo com o delegado Antônio Barbosa, o suspeito estuprou e engravidou a própria enteada de 13 anos. A denúncia foi feita pela avó da adolescente que questionou a neta após a descoberta da gravidez.

“Ela disse que notou um comportamento estranho na neta e que quando a menstruação da adolescente atrasou, levou ela para fazer o exame e descobriu a gravidez em março, quando a menor já estava com cinco meses de gestação", informou o delegado Antônio Barbosa.

whatsapp image 2018 06 07 at 10.32.17

Após a descoberta, a avó perguntou à adolescente sobre a paternidade do bebê. "Quando ela questionou quem era o pai da criança, a menor relatou os abusos que vinha sofrendo do padrasto”, relatou o delegado Antônio Barbosa.

Segundo o relato da vítima, os abusos aconteciam desde novembro de 2017. “A mãe da menina trabalha em Teresina e passava a semana fora. Durante esse período ele cometia os abusos e acabou engravidando a enteada”, afirmou o delegado Antônio Barbosa.

A menor relatou à polícia que era ameaçada pelo agressor. "Ela contou que, às vezes ele batia nela e ameaçava separar da mãe dela caso ela contasse alguma coisa", disse o delegado. Após descobrir os abusos, a mãe da menor disse que também recebeu ameaças.

"Ela falou que ele amaçava fazer algum mal contra ela. Então ela queria uma medida protetiva para que ele se afastasse dela também. Foi quando ele saiu da casa e foi morar em um povoado mais distante", explicou o delegado Antônio Barbosa.

O suspeito foi encaminhado para a Delegacia de Miguel Alves e aguarda transferência para uma unidade do sistema prisional do estado.

Com informações G1