trilhafull

ESTADUAL

 

Um funcionário de uma pastelaria no Centro de Teresina foi morto na tarde desta segunda-feira (21) após desentendimento por causa de lanche. 

Emanoel de Sousa Xavier foi esfaqueado e morto na pastelaria, localizado na rua Álvaro Mendes, Centro de Teresina. Segundo a Polícia Militar, a vítima morava em uma quitinete nos fundos da pastelaria há 22 anos onde trabalhava fazendo limpeza e como vigia. Uma discussão por causa de lanches teria sido a motivação do crime. A Polícia informou que o funcionário teria parado de fazer as doações dos alimentos e motivou a briga. 

3d2addbb92e71caf47584ed80322b6df 1

O suspeito, de acordo com a polícia, foi identificado como Francisco Leandro dos Santos, de 27 anos. Ele estava morando em outra quitinete no local há três meses. As  informações do 1º Batalhão da Polícia Militar (BPM) são de que a vítima foi esfaqueada enquanto descansava após o almoço. 

"O que a gente apurou até agora é que o Emanoel estava deitado depois do almoço e foi esfaqueado. Ele ainda levantou e correu  para a pastelaria onde caiu e foi a óbito", disse o tenente-coronel Hélio Henrique, do 1° BPM.

O suspeito foi preso em flagrante na avenida José dos Santos e Silva e levado para a Central de Flagrantes. A PM ainda não tem informações sobre o que teria motivado o crime. 

De acordo com o delegado Jarbas Lima, do departamento de Homicídios, o suspeito confessou o crime e a primeira informação que surgiu, segundo ele, é que a vítima teria parado de doar lanches. "A motivação será esclarecida ao certo ao longo do inquérito policial", disse ao Cidadeverde.com.

Ainda de acordo com o delegado, o autor do crime alegou legítima defesa e que a vítima tentou furar seu olho. "Ele confessou o crime alegando legítima defesa, de que a vítima tentou agredi-lo, furar seu olho e chutar  suas partes  íntimas, mas isso não procede. Ele estava sujo de sangue com uma faca, além de R$ 800", afirmou.

O dinheiro, de acordo com o delegado, seria de uma pensão que o suspeito disse que recebe. "Está sendo averiguado se ele sofre de algum distúrbio mental. Ele se diz aposentado", afirmou.

O irmão da vítima, o pedreiro José dos Santos Sousa Xavier, disse que  Emanuel era um homem de bem. “Ele era uma pessoa boa e eu não tenho conhecimento de que ele tivesse desavença com ninguém”, lamentou muito abalado.

Com informações CV

A adolescente Maria dos Milagres dos Santos, de 13 anos, foi morta nesse domingo (20), com um tiro na região do peito dentro de uma residência localizada na Travessa 22, no bairro Bela Vista, em Timon (MA). A suspeita é que a adolescente tenha sido vítima de feminicídio.

O crime ocorreu nas primeiras horas da manhã de hoje e o principal suspeito é o ex-namorado da vitima identificado apenas pelo apelido de “Croácia”. O acusado também é menor de idade.

a1f36a2e8f7cc7ef98475c0a8bcebfa2

Em relato, parentes e amigos de Maria afirmam que o ex-casal protagonizava diversas brigas durante o relacionamento e o menor não aceitava o fim da relação, chegando a fazer diversas ameaças de morte contra a jovem. A suspeita é de que ele tenha invadido a residência armado e efetuado o tiro contra a vítima, que morreu ainda no local.

A investigação do crime vai ficar a cargo da Delegacia de Homicídios.  O acusado pelo crime conseguiu  ainda não foi localizado.

Casos recentes

No final da tarde de quinta-feira (17), uma mulher identificada como Gisleide Alves dos Santos, de 36 anos, foi encontrada morta dentro de sua residência pelo próprio filho no Conjunto Santa Fé, na zona Sul de Teresina.  A doméstica Gisleide Alves dos Santos foi morta com 16 facadas e dois disparos de arma de fogo, um tiro no rosto e outro no ombro. O companheiro da vítima Samuel Lucas Teixeira Araújo foi preso acusado de assassinar Gisleide.

Na última terça-feira (15), a cabeleireira Aretha Dantas Claro, de 32 anos, foi morta dentro do veículo do suspeito de ter cometido o crime, o ex-companheiro da vítima. O crime aconteceu na avenida Maranhão, na Zona Sul de Teresina, onde seu corpo foi encontrado após ter sido esfaqueada 20 vezes,escalpelado e atropelado. O ex-companheiro não aceitava o fim do relacionamento.

Com informações MN

Policiais civis foram nesta quarta-feira (16) a casa do suspeito de matar a cabeleireira Aretha Dantas Claro, de 32 anos. O homem, ex-namorado da vítima, é apontado pela polícia como responsável pelo crime. O corpo de Aretha Dantas Claro foi encontrado na avenida Maranhão, Zona Sul de Teresina, na madrugada de terça-feira esfaqueado e com marcas de atropelamento.

d33e96412261a5225e2989169b19c263

Segundo a delegada Luana Alves, coordenadora do Núcleo de Feminicídio da Polícia Civil, a cabeleireira foi agredida na residência do suspeito. “Temos investigações com menos de 48 horas do crime. As informações que nós temos é que as agressões ocorreram aqui, isso não tem dúvida. A casa tem muita desordem e muitas manchas de sangue”, comentou a delegada.

A coordenadora do Núcleo de Feminicídio trata o crime como elucidado. “O que nos interessa é o local do crime foi elucidado e foi o ex-companheiro que matou. Agora estamos fazendo diligência após a perícia para fazer a prisão dele. Eles tinham relacionamento aproximadamente um ano e dezembro teve a separação em razão da violência desse rapaz e que depois eles reataram”, contou a delegada. Luana Alves explicou que os dois separaram novamente e que se encontravam.

Luana Alves também confirmou que uma observação sobre o carro apontou manchas de sangue. “O carro também vai ser analisado pela perícia e observando superficialmente o carro tem manchas de sangue. Tanto a agressão pode ter acontecido aqui, mas também não foi só a desova do corpo e isso será constatado apenas com a investigação”, ressaltou.

De acordo com a delegada os dois moravam sozinhos e outras agressões já tinham acontecido na casa. “Os vizinhos relataram que a convivência entre eles era de extrema violência. Eram brigas constantes. A casa está cheia de bebida alcóolica então era um casal extremamente exaltado”, finalizou Luana Alves.

Com informações G1

Um jovem de 19 anos de idade, identificado por Hercules José de Sousa, foi encontrado morto na tarde deste domingo (13). Segundo informação de um dos irmãos, o jovem tinha saído na última sexta-feira (11), para uma festa na cidade de Floresta do Piauí, e tinha sido visto por volta das 4h da manhã do sábado.

festa 540x350

Preocupados com o desaparecimento de Hercules, os familiares resolveram sair à procura do jovem, mas não o encontraram. Por volta das 15h deste domingo (13), um casal encontrou um corpo caído próximo a uma ribanceira, a cerca de um quilometro e meio do perímetro urbano de Santo Inácio do Piauí.

Hercules é natural da cidade de Picos, mas há muitos anos mora na cidade de Campinas do Piauí. Segundo um dos irmãos do jovem, ele atualmente estava trabalhando na empresa PINCOOL. Ainda com informação do irmão de Hercules, o corpo deverá ser levado para o sepultamento na Localidade Borro no Município de Santana do Piauí.

Com informações do Jornal ESP