trilhafull16022018

GERAL

Um homem identificado como Ailton Pereira da Silva, 36 anos, que foi assassinado a tiros pelo seu vizinho em um bar no município de Curimatá, Sul do Piauí, morreu por causa de uma dívida de R$ 10, segundo informou, nesta quarta-feira 21/02, o delegado Yure Saule.

homemtc

Segundo o delegado, testemunhas contaram que a vítima devia o dinheiro para o suspeito e que os dois bebiam junto quando discutiram por causa da dívida e, logo em seguida, aconteceu o crime.

O assassinato aconteceu no último domingo 18/02 e, Ailton Pereira, foi alvejado com pelo menos dois tiros na região do tórax, segundo informou o delegado.

A vítima foi socorrida por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), mas morreu antes de chegar ao hospital.

A Polícia está realizando diligências para encontrar o suspeito de cometer o crime que continua foragido.

Com Informações MN

Na última sexta-feira dia 09/02, um jovem chamou atenção de internautas após ter faca cravada na parte superior das costas, após se envolver em uma briga durante uma festa de carnaval na cidade de Brasiléia no estado do Acre. As imagens do rapaz que circularam na rede chamou atenção por que o jovem caminhava e conversava com policiais enquanto esperava socorristas do SAMU. 

facanas

Tudo aconteceu por volta das 18h05, quando socorristas dos Bombeiros do Acre e Policiais Militares do 10º Batalhão do Alto Acre, foram acionados para a Avenida Manoel Marinho Montes, parte alta da cidade de Brasiléia, para darem apoio a uma vítima de arma branca (faca). Ao chegarem no local, encontraram o jovem Leonardo Araújo Nascimento de 20 anos, ferido e com uma faca cravada em suas costas, de pé, esperando para ser socorrido. Segundo foi levantado, o rapaz estava tranquilo e ainda contou o que havia acontecido aos policiais.

faca nas costas

Leonardo estaria na companhia de um conhecido, que ainda não foi identificado, quando iniciou uma discussão e ambos saíram para cada lado. Não satisfeito, o ainda desconhecido, foi até um comércio e comprou a faca e foi atrás da vítima.

Num momento de descuido, Leonardo recebeu o golpe nas costas, tendo a faca cravada enquanto o suspeito fugiu tomando rumo ignorado. Leonardo foi levado para o hospital de Brasiléia, onde recebeu os primeiros socorros e ficou em observaçãoSegundo foi informado pelo hospital, Leonardo será transferido com a faca nas costas para Rio Branco, onde irá passar por uma cirurgia para a retirada da arma branca. Seu estado de saúde é estável e se encontra consciente no Pronto Socorro.

Com Informação asconnoti

Na manhã da última quarta-feira, 07/02 o comandante do 15° BPM se reuniu com os policiais militares para tratar, entre outros assuntos, sobre a atuação da Unidade no Carnaval de Campo Maior.

Durante a reunião o comandante explicou como será a logística de policiamento durante o carnaval e fez uma breve explanação sobre o empenho e forma de atuação dos militares no período carnavalesco. A reunião aconteceu na sala de aula do 15° Batalhão de Polícia Militar em Campo Maior.

policiacarna

Decreto Municipal que proíbe o uso e comercialização de garrafas na Arena da Folia

De 9 a 13 de Fevereiro acontece em Campo Maior o Carnaval que já virou Tradição e é considerado um dos melhores carnavais do Piauí, pensando na segurança e comodidade dos foliões, o Prefeito municipal José de Ribamar (Prof. Ribinha) baixou um decreto no dia 29 de janeiro, que proíbe o uso e comercialização de garrafas e copos de vidro, regulamenta a utilização das vias, dispões sobre a fiscalização e segurança durante o período de carnaval no município.

DECRETOGA

Um comerciante de 58 anos, que não teve o nome revelado, foi preso nesta segunda-feira 05/01 suspeito de estupro de vulnerável na zona rural de Batalha a 154 km de Teresina. A vítima é uma criança de 7 anos que foi comprar biscoito no comércio, que fica próximo da casa de sua bisavó.

abuso menor

De acordo com o delegado do município, Denis Sampaio, ao chegar ao estabelecimento, a criança quis outro produto, mas o dinheiro não era suficiente, foi então que o comerciante teria oferecido os dois produtos em troca do abuso sexual. 

“O caso foi registrado no dia 13 de janeiro e acionamos uma psicóloga e uma assistente social para nos dar apoio. Por três vezes a menina contou com detalhes a ação do comerciante, sem apresentar distorção ou contradição. Somente depois da investigação solicitamos a prisão dele”, afirmou o delegado Denis Sampaio. 

O titular da delegacia disse ainda que também foi apurado se outras crianças sofreram abuso pelo mesmo suspeito, mas não foi detectado. 

Sobre a criança, foi solicitado o exame no Serviço de Atenção à Mulher Vítima de Violência Sexual (Samvvis), mas ainda aguarda o laudo. “Ela contou que não houve a conjunção carnal, mas teve atos libidinosos. Ele está preso na delegacia, mas vamos transferi-lo para a penitenciária de Esperantina”, destacou o delegado. 

Outros casos

Denis Sampaio disse que investiga outros casos de pedofilia na região, mas que prefere não dar detalhes porque ainda estão sendo apurados. O delegado se assustou com o número de boletim de ocorrências por estupros de vulneráveis no início deste ano. 

“Foram quatro casos, um número alto, já que registrávamos um ou dois e havia mês que não tinha nenhum. Estamos investigando e ainda não posso falar mais a respeito”, comentou o delegado.

Com informações CV

paaibaprontook