trilhafull

Moradores fazem homenagem a vaqueiro morto por policial militar

Centenas de moradores de Canto do Buriti saíram às ruas da cidade nesta quarta-feira (12) para fazer uma caminhada em homenagem ao jovem Edvaldo Santos, morto baleado por um policial militar na madrugada de sábado (8). A manifestação começou por volta das 7h30 e se encerrou às 10h40 em frente ao Fórum da cidade.

Familiares e amigos de Edvaldo Santos, conhecido como Nego do Lino, usaram roupas brancas e seguraram balões brancos, e percorreram diversas ruas do Centro da cidade, passaram pelo local onde Edvaldo foi baleado e encerraram o ato no Fórum.

mani1

Dezenas de vaqueiros participaram da manifestação montados em cavalos. De acordo com a advogada Jossane Vieira, que representa a família do vaqueiro Edvaldo Santos, algumas escolas da cidade liberaram os alunos e comerciantes fecharam as portas para acompanhar a manifestação.

O advogado Marcos Pinheiro, primo de Edvaldo Santos, disse que o jovem trabalhava como lavrador e vaqueiro, participava de vaquejadas e era bastante conhecido na região. “Se fosse uma pessoa ruim não haveria essa comoção na cidade”, argumentou.

Com informações G1.

paraiba60pronto