trilhaunook

GERAL

or5

Usando o velho jargão, bastante conhecido, e de autor desconhecido, o de que "Cidade Limpa Povo Educado", vale a pena refletirmos esta semana sobre a limpeza pública intensificada nas ruas da cidade pela Prefeitura de Campo Maior nos quase 20 bairros, que abrigam os 33.524 mil habitantes, que residem na área urbana, segundo o último Censo do IBGE - em 2010, e revisado constantemente, para novas adequações.

Como um compromisso de gestão, toda semana, a Prefeitura tem honrado o fiel calendário de passar duas vezes, em dias alternados, de casa em casa, utilizando um transporte público para recolher o lixo doméstico na esperança de deixar os domicílios livres de entulhos que possam, atrair insetos, que desencadeiam doenças, quando a sujeira é lançada nas proximidades, dos imóveis. Este compromisso público da Prefeitura nos bairros pôs fim aos populares monturos, muito comum na década de 50, causadores de doenças que levavam à população ao isolamento e à morte causadas por mosquitos transmissores como o Aedes aegypti, erradicado do Brasil em 1950, causador da febre amarela, e que nas décadas atuais, é o grande causador da dengue, Zica Vírus e outras enfermidades com o reaparecimento dos focos, muito combatidos mais ainda não vencidos a proliferação do inseto, mesmo com todos os esforços da União, dos Estados e municípios, porque falta na ponta os esforços e colaboração de grande parte da população.

or7

Uns cuidam, zelam, acondicionam o lixo de forma adequada, aguardando os transportes recolher de casa em casa, enquanto outros saem jogando por onde passam, na porta da própria casa, tanto na frente das residências como no fundo, além das laterais de terrenos, como também nas proximidades das casas de vizinhos. O secretário interino de limpeza de Campo Maior, José Carlos conta que várias equipes de limpeza são vistas nas ruas pela população. Elas recolhem o lixo jogado de forma inadequada, também por transeuntes perto dos meio fios. Atualmente estão limpando as imediações da Orla do Açude. "Estamos fazendo a poda das árvores, varrendo, retirando mato, capina e recolhendo o lixo lançado por quem passa", disse o secretário Interino de Limpeza Pública, José Carlos.


Na semana passada as equipes estavam nos bairros fazendo a limpeza dos cemitérios pela chegada do dia dos finados, deixando todos limpos para receber milhares de pessoas que chegam a Campo Maior no feriado para visitar entres queridos e locais onde alguns foram sepultados. “Estão todos limpos”, disse a zeladora Maria Antônia Soares. "Na próxima semana teremos uma nova programação de limpeza, dando continuidade as ações na Avenida Santo Antônio", um dos principais corredores de acesso ao centro da cidade, como explicou José Carlos.


Enfim, numa população estimada de 46.770 habitantes, numa densidade demográfica de 26.960 de hab/km2, onde grande parte vive na zona urbana  e apenas 11.656 mil na zona rural, de um território total, de 1.699.38 km2 de área de extensão, envolvendo zona urbana e rural, para evitar desperdícios financeiros, e doenças por conta de lixo jogados em locais inadequados próximos a residências e das pessoas, o Prefeito Professor Ribinha avalia que a Prefeitura precisa mais do que nunca dos esforços de todos nesta luta para manter a cidade limpa.

or

CCOM - Valdamir Alvarenga

344421

Concluído o planejamento para a realização da festa comemorativa do aniversário de 70 anos de fundação - Jubileu de Vinho - da Loja Maçônica “Costa Araújo nº 3” (GLPI), da cidade de Campo Maior, fruto do trabalho organizacional do Venerável João Lima e sua equipe

O evento acontecerá no dia 10/11, e conta com a colaboração, a convite, da Academia Piauiense de Mestres Maçons, que por sua vez, na oportunidade, festeja 8 anos de criação.

Maçons, Lojas maçônicas e autoridades da comunidade local foram convidadas para abrilhantar a efeméride, com cadeiras previamente reservadas, distribuídas em 7 Camarotes em casa de eventos da cidade, assinalados com nomes de Mestres Maçons ilustres, in memoriam, que ajudaram a construir a história da Loja em festa.

Destaques da programação:

Abertura solene, com a palavra do Venerável.

Participação da Academia Maçônica.

Mensagens de congratulações, gravadas e exibidas em vídeo (telão).

Homenagens de reconhecimentos a personalidades da comunidade campomaiorense.

Número de arte musical, uma das 7 ciências maçônicas.

Animação, com orquestra de baile.

No dia 13 de novembro será a data que marca a fundação da Grande Loja Maçônica do Piauí.

623

A Loja Maçônica Costa Araújo Nº 3 de Campo Maior, promoveu nesta sexta-feira 11/10, a festa das crianças para

alunos que estudam na Creche Tio Aquiles.

O evento teve o apoio irrestrito de todas as cunhadas e obreiros da Loja sob a coordenação do venerável João Lima e da cunhada Raimundinha Moura. Na oportunidade as crianças participaram brincadeiras, além de receberem lanches e muitos brinquedos.

621

625

No Piauí, 100.260 mil títulos eleitorais foram cancelados entre as eleições de 2016 e 2018. Isso significa que esse universo de eleitores não poderão votar neste pleito. No estado, cem mil eleitores dariam para eleger quase dois deputados estaduais ou um deputado federal, dependendo da coligação. O primeiro turno ocorrerá no dia 07 de outubro de 2018, e o segundo, se houver, no dia 28 de outubro.  

No ranking nacional, o Piauí é o 13º estado com cancelamentos de títulos. Entre os estados do Nordeste, ele ocupa a sexta colocação. 

A Bahia é o estado com mais cancelamentos, 586 mil títulos cancelados. Na sequência, aparecem São Paulo (375.169), Paraná (257.941), Ceará (234.487) e Goiás (219.426).

ba0eca3f78d425e0db89b8042ee18e23

O cancelamento ocorreu por ausência na revisão cadastral, que abrange o cadastramento biométrico, dentro outros pontos, e atingiu, ao todo, 3,4 milhões de títulos de eleitor no Brasil.  No Piauí, cerca de 16 mil títulos foram cancelados devido o não recadastramento biométrico. 

Na última quarta-feira (26), o Supremo Tribunal Federal (STF) votou, por 7 a 2, pela manutenção do cancelamento. A decisão rejeitou o pedido de liminar feito pelo PSB para evitar o cancelamento desses títulos. A maioria acompanhou voto do ministro relator, Luís Roberto Barroso.

Consulta

O eleitor pode conferir se teve ou não o título cancelado no site do TSE ou do TRE-PI: clicar no campo "situação eleitoral", informar o nome completo ou número do título de eleitor, e a data de nascimento.  Caso apareça a palavra "regular", o eleitor está apto a votar. 

Se o título estiver cancelado, o eleitor precisará esperar a abertura da regularização  da situação eleitoral, que ocorrerá somente após as eleições, no dia 05 de novembro.  

A multa eleitoral pelo não comparecimento no dia da votação varia de R$ 3,51 a R$ 35,10, a depender da análise do juiz eleitoral da região. 

Lista: estados e quantidade de títulos cancelados

Acre 13.564 
Bahia 586.333  
Ceará 234.487 
Espírito Santo 48.807 
Goiás 219.426 
Maranhão 216.576 
Minas Gerais 213.172 
Mato Grosso do Sul 61.502 
Mato Grosso 18.074 
Pará 204.914 
Paraíba 123.885 
Pernambuco 150.260 
Piauí 100.260 
Paraná 257.941 
Rio de Janeiro 71.598 
Rio Grande do Norte 92.663 
Rondônia 33.611 
Roraima 12.614 
Rio Grande do Sul 167.116 
Santa Catarina 125.585 
São Paulo 375.169 
Tocantins 40.890

Fonte: TSE

paraiba60pronto