trilhafull

GERAL

O presidente Michel Temer (MDB) confirmou, no pronunciamento oficial do Dia do Trabalhador, celebrado nesta terça-feira (1º), que acabou de autorizar o reajuste do Bolsa Família. Após o vídeo de Temer ir ao ar, o MDS (Ministério do Desenvolvimento Social) anunciou que o reajuste será de 5,67% no benefício médio a partir de julho deste ano

Inicialmente, o pronunciamento do presidente iria apenas ao ar em cadeia nacional de televisão às 20h30, mas o próprio presidente se antecipou nas redes sociais. O pronunciamento tem 4 minutos e 30 segundos.

bolsa2

Temer afirma ainda que encaminhou ao Congresso o projeto do novo salário mínimo para 2019, que segundo ele será o maior da história do Brasil  No último dia 12, o governo propôs um aumento de R$ 48 no valor, de R$ 954 para R$ 1.002. A proposta foi anunciada durante apresentação do projeto de lei de Diretrizes Orçamentárias do ano que vem.

No início da fala, Temer se inclui entre os beneficiários do feriado desta terça. "Amanhã será o nosso dia! O Dia do Trabalhador. E é com muito trabalho que o Brasil está mudando para melhor. Você tem feito a sua parte. Você tem acordado cedo, se dedicado, se empenhado, e do lado de cá nós também estamos trabalhando duro", afirma.

"Amanhã, o Dia do trabalho, é um dia de reflexão, não é um dia de festa. Nós temos que comemorar a nossa capacidade de trabalho. De resistência, de superação. Só ela vai nos permitir festejarmos amanhã", declarou o presidente, que citou ainda os desempregados. "E você trabalhador que procura trabalho, não perca a esperança."

No pronunciamento, o presidente exalta os trabalhadores brasileiros e faz uma defesa do seu governo. "Enquanto alguns passam o dia criticando, a gente passa o dia trabalhando. E nessa data especial, o país agradece a quem faz, a quem produz e a quem realiza. Trabalhadora e trabalhador brasileiro, meus parabéns! Muito boa noite! Feliz Dia do Trabalho amanhã e todos os dias!", conclui Temer.

Com informações MN/UOL

34445554

Morreu por volta das 6h deste sábado (28), em Teresina, Dom Ramón López Carrozas, bispo emérito da Diocese de Bom Jesus. Ele tinha 81 anos e faleceu vítima de falência múltipla de órgãos no Hospital de Urgência de Teresina (HUT).

O bispo estava bastante debilitado em virtude dos problemas de saúde e foi transferido ontem por volta das 13h para Teresina em uma ambulância do Samu.

Dom Ramón López nasceu em Sarria, na Espanha, no dia 31 de agosto de 1937. A ordenação presbiteral aconteceu em 10 de abril de 1960, já a ordenação episcopal ocorreu em 27 de maio de 1979.

Ainda não há informações sobre que horas o corpo deve deixar Teresina para o velório em Bom Jesus. Ele será enterrado na catedral de Nossa Senhora das Mercês ao lado do túmulo de Dom José Vázquez Díaz.

A Defensoria Pública do Distrito Federal entrou na Justiça para pedir que o governo local pague R$ 60 mil – como indenização por danos morais – a um homem preso injustamente por um roubo que o irmão cometeu. O processo foi ajuizado na última semana, e não tem data para ir a julgamento.

410c4730 d8b2 4892 b554 0e5df05e3b07

Jefferson de Oliveira foi detido no DF no lugar de Jackson Beserra da Silva. O motivo foi um roubo cometido pelo irmão em Anápolis, a 55 km de Goiânia, em 2007. Jefferson, que tem retardo mental leve, passou 17 dias na Papuda, em novembro do ano passado.

Segundo as investigações, Jackson – o verdadeiro suspeito pelo crime – assinou o nome de Jefferson em um termo de compromisso, quando foi preso em flagrante.

Com informações g1

344432222

Acontecerá no próximo dia 5 de maio a eleição para Grão-Mestre da Grande Loja Maçônica do Piauí.Duas chapas foram encaminhadas para registro no Tribunal Eleitoral Maçônico, órgão técnico da Instituição que cuida do certame.

Chapa 1, composta por Jarbas Nogueira Matias, para Grão-Mestre e Ronalde Calixto de Sousa para Adjunto.

Chapa 2, contendo o nome de Raimundo Nonato dos Reis Silva para o cargo de Grão-Mestre e Jaime Lopes de Souza Júnior como Adjunto.

Dentre a documentação de admissibilidade, exigida pela Legislação da Ordem, para a efetivação do registro das candidaturas, destaca-se a seguinte:

CERTIDÕES INTERNAS

- filiação a pelo menos 3 anos em Lojas da jurisdição;

- exercício efetivo do cargo de Venerável em qualquer Loja da Grande Loja do Piauí;

- não estar exercendo, atualmente, qualquer cargo na Instituição;

- quitação dos deveres maçônicos.

CERTIDÕES EXTERNAS:

- Casamento, ou Nascimento, se solteiro;

- Negativas de distribuição de Ações Cíveis e Criminais, no Foro do domicílio, fornecida pelos órgãos da Justiça em todos os seus ramos, nos níveis municipal, estadual e federal. Ou seja, inexistência de ações tramitando em desfavor dos candidatos;

- Negativas de Protesto Cambiário dos Cartórios competentes.

Na atual fase do processo encontra-se em exame, no Tribunal Eleitoral Maçônico, a compatibilidade de toda a documentação apresentada pelos candidatos.

paraiba60pronto