trilha maio

Em sessão realizada na manhã da última terça-feira 03/10, o Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI), a unanimidade e em harmonia com o parecer do Procurador Regional Eleitoral substituto, Alexandre Assunção e Silva manteve a sentença da Juíza da 32ª Zona Eleitoral de Altos-PI, Carmen Maria Paiva Ferraz Soares que cassou o mandato eletivo da Sra. Rosineide Pereira dos Santos Macêdo, vereadora do município de Altos-PI eleita em 2016 pelo Partido Democrático Trabalhista (PDT). Além da perda do mandato a vereadora cassada foi também declarada inelegível por 8 anos prazo a ser contado a partir das eleições municipais de 2016. O relator do processo foi o juiz, Astrogildo Mendes de Assunção Filho.

altosvere

O processo contra a vereadora, foi ajuizado na Zona pelo representante do Ministério Público Eleitoral através da Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) nº 378-88.2016.6.18.0032 onde a recorrente é acusada de abuso de poder econômico por ter feito distribuição de combustível no dia 1º de outubro, véspera da eleição a vários eleitores em troca de voto.

Segundo as denúncias, foram apreendidas 35 notas de fornecimento de combustível e várias listas de controle de abastecimento do posto Altos Ltda em poder do filho da candidata, Marcílio dos Santos Macêdo que dizia ser o administrador da campanha da mãe.

Os Policiais Carlos Alberto do Nascimento (Cabo da PM/PI) e Flávio Miranda dos Santos (Tenente da PM/PI), ao cumprirem diligência no referido posto, no dia 1º de outubro de 2016, às vésperas das eleições municipais, flagraram o Sr. João Marcos Furtado da Silva abastecendo sua motocicleta e efetuando o pagamento através de uma nota de fornecimento no valor de R$ 25,00 (vinte e cinco reais), assinada por Marcílio, filho da candidata Rosineide.

Diante do flagrante os policiais promoveram imediatamente a prisão da candidata e do eleitor beneficiário, além da condução à Delegacia de Polícia do frentista que o atendeu, Sr. Douglas Emanuel Monção de Albuquerque.

Quem desejar ter acesso as pautas de julgamentos basta entrar no site do TRE-PI na internet. O endereço eletrônico é www.tre-pi.jus.br/Pautas e Atas das Sessões.

Fonte: Serv. de Imp. e Com. Social TRE-PI

Em alusão a Campanha Outubro Rosa, a Secretaria Municipal de Saúde através da Equipe Estratégia da Família - Cento I realizou na tarde desta quinta-feira (04-10), na Academia de Saúde da AUCAM atividades com o objetivo de estimular e conscientizar todas as mulheres sobre a prevenção do câncer de mama.

Para este alerta, aconteceu inicialmente uma palestra, na qual foram apresentadas orientações de prevenção. A palestra foi ministrada pela enfermeira Simone Peres, pelo médico Leandro Paixão que falaram sobre importância da realização do auto exame, dos exames periódicos e da consulta periódica, pela nutricionista Gisah Martins que informou sobre o importante papel da alimentação na prevenção e no tratamento do câncer e pela educadora física Kacilda Teixeira que alertou sobre a importância fundamental da prática de exercícios físicos para a prevenção. E logo após, foi realizada uma série de alongamentos e uma caminhada.

 

Além de falar da importância das ações preventivas, a enfermeira Simone Peres faz um apelo a todos. “Estamos aqui para falamos de saúde, então é preciso fazer os exames, porque detectando precocemente a um aumento das chances de vida”, explicou.

A campanha mundial Outubro Rosa iniciou na década de 1990, para estimular a participação da população no combate ao câncer de mama. A data é celebrada todos os anos, especialmente durante o mês de outubro, objetivando compartilhar informações sobre o câncer de mama, conscientizando e proporcionando um maior acesso ao serviços de diagnóstico e tratamento, contribuindo assim, para a redução da mortalidade.

 

mê6

As artesãs da Prefeitura Municipal de Campo Maior, que prestam serviços a Secretaria Municipal de Assistência Social - SEMAS estão animadas e cheias de expectativas para participarem do 7º Sabor Maior, o maior evento gastronômico do Estado do Piauí, que acontecerá de 12 a 14 de outubro, no Complexo de Eventos Valdir Fortes.

Elas estão caprichando na produção das peças, ficando cada uma mais bonita que a outra. Algumas padronizadas com imagens da cidade, do Monumento do Jenipapo e outros locais de visitações.

A artesã Antônia Laura prepara uma varanda de rede. Ela quer até a abertura do evento concluí-la. "A varanda é muito extensa, são duas bandas, ela acompanha o tamanho da rede", contou, reafimando, que  a peça vai está pronta para ser comercializada durante a festa da gastronomia.

me8

A secretária de Assistência Social Nilzana Gomes está dando todo o apoio as artesãs. Ela quer levar o maior número de variedades ao estande das profissionais. "Ela aparece por aqui, nos incentiva e sempre nos dá força", comentou Laura.

Do crochê ao macramê, enfeites produzidos com bisqui (massa) e outro produtos são confeccionados das 7h da manhã, ao meio dia e meio em ritmo, em ritmo acelerado para ficar pronto.

mee2

 

O macramê é feito só nos nós. "A gente usa a agulha somente para enfiar a linha. Fazemos toalha de banho, barra para blusa, saias e para outros enfeites. Não dá muito trabalho, mais é bom ter habilidade para facilitar na hora de fazer, falou Meirinha Alves.

Ela conta, que fica satisfeita quando suas peças são vendidas rapidas. Nayra Maria faz guardanapos em bordado com finalização em crochê. "Estamos produzindo toalha de banho, toalha de mãos. Tudo voltado para o evento. Tudo isto é feito com muito amor. Nos empenhamos bastante para realizar um trabalho com qualidade", explicou.

mee10

me13

mee4

mee5

mee9

Texto e Fotos: Valdamir Alvarenga

paz8

Em meio a tanto calor, período do B.R.O.B.R.Ó, tempo quente, o que resta a população é preservar o meio ambiente como prevenção para viver melhor. Neste propósito, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Campo Maior trabalha políticas públicas, de forma constante, com ações educativas, como palestras, e incentivo ao cultivo de plantas e outras medidas concientizando as pessoas a zelar, cuidar, fiscalizar e impedir que ações agressivas ponham em risco o futuro das pessoas e das novas gerações.

Por cont disto, todo mês, nas primeiras segundas-feiras, a equipe da SEMAR/Campo Maior trabalha diferentes projetos de preservação. Um deles é em praça pública, montando na Praça Luís Miranda, a Praça da Prefeitura, um espaço para receber Peti em troca de mudas de plantas. A medida, evita que as garrafas sejam lançadas fora de forma irregular poluíndo o meio ambiente.

Como fruto desta campanha, centenas de árvores foram plantadas nos últimos seis anos, deixando a cidade mais verde. A campanha vai continuar. Ela já é referência para outros municípios.Pela ação, quem entregar duas Peti ganha uma muda de planta ornamental, silvestre ou outra espécie, podendo ser medicinal.

A secretária de Meio Ambiente Conceição Paz, com empenho, determinação e mesmo com dificuldades em produzir as espécies neste tempo quente, mantém um viveiro, cultivando mudas variadas, para não deixar faltar nas segundas-feiras. O projeto, é um dos mais importantes, bonito e valoroso, do município na área ambiental, iniciado há seis anos.

Sensível  a causa, que é motivo de procupação mundial, o prefeito Professor Ribinha, é um dos defensores da campanha para incentivar a arborização na cidade; e o tempo agradável pelo processo de fotossintese que a planta realiza na absovição de gás carbonico e na liberação de ar puro (oxigênio).

"Trabalhar a educação ambiental no município de Campo Maior  é uma prática constante da Secretaria de Meio Ambiente, a gente vem fazendo esta campanha há seis anos", destacou o gerente de Meio Ambiente Lucas Ribeiro. Durante esta semana, a equipe visita escolas e comunidades na zona urbana concientizando as pessoas dos cuidados, para evitar uma ação agressiva como as queimadas que destroem plantas e animais.

Texto e foto: Valdamir Alvarenga

paaibaprontook