trilhafull

A cidade de Barras, Norte do Piauí, registrou três homicídios em menos de seis horas. Os crimes aconteceram na noite dessa segunda-feira (1) e madrugada desta terça-feira (2). Duas das vítimas foram mortas por disparos de arma de fogo, uma pessoa foi morta a facadas e outra foi gravemente ferida. De acordo com a Polícia Militar (PM), os crimes não possuem uma ligação.

colagem sem titulo

Segundo o capitão Miguel Batista, comandante da PM na cidade, o primeiro crime aconteceu por volta das 22h, diante de um bar. A vítima foi identificada como Carlos Cesar Cardoso da Silva, 21 anos.

“Ele foi morto a tiros e o suspeito foi preso em seguida. Ainda não há informação sobre a motivação para o crime”, informou o comandante.

O segundo homicídio ocorreu menos de duas horas depois, quando a vítima, identificada como Bruno de Oliveira, 29 anos, saia de uma festa e foi ferida com vários disparos de arma de fogo.

“O autor do crime é desconhecido, provavelmente foi uma emboscada. A polícia está em diligências e investiga o caso”, afirmou o capitão Miguel Batista.

A terceira morte foi a de Nadilson José Ferreira dos Santos, 21 anos. Conforme a polícia, o crime aconteceu por volta das 2h desta terça-feira (2).

“Três pessoas brigaram, a vítima esfaqueou Antônio Rodrigues do Nascimento, que ficou gravemente ferido, e um familiar esfaqueou o Nadilson, que não resistiu aos ferimentos e morreu”, explicou o comandante.

O suspeito de matar Nadilson foi preso em flagrante e encaminhado para a Delegacia Regional da Polícia Civil em Barras, que investiga esse e os demais crimes.

Com informações G1

Fotos feitas pela Polícia Civil mostram a ponte ferroviária localizada na Zona Rural de Castelo do Piauí, onde três meninas caíram da altura de 10 metros ao tirar selfie. As imagens fazem parte da investigação do caso e foram enviadas pelo delegado Francírio Queiroz ao G1 nesta terça-feira (1). De acordo com ele, o local não é sinalizado e nunca passou por manutenção. A empresa responsável informou que o acesso de pedestres ao local é proibido.

whatsapp image 2018 04 23 at 15.53.24

Segundo a Ferrovia Transnordestina Logística (FTL), a ponte, que fica localizada sobre o rio Cais, que divide Castelo do Piauí e Buriti dos Montes é uma área proibida para a circulação de pessoas não autorizadas. No entanto, a pista não possui saída lateral, apenas plataformas que os moradores chamam de "orelhas". As jovens contaram que as pessoas se abrigam nessas plataformas quando o trem passa na ferrovia.

Plataforma que desabou com jovens que tiravam selfies no local (Foto: Divulgação / PC)

Cinco testemunhas do acidente, que aconteceu no dia 22 de abril, já foram ouvidas pela polícia. Elas afirmaram a versão de que as jovens estavam na ponte ferroviária tirando fotos, quando entraram no caixote acoplado na estrutura e este desabou com elas. As vítimas sofreram fraturas, duas nas pernas e uma no calcanhar esquerdo.

 Local onde ficava a plataforma que desabou com as jovens (Foto: Divulgação / PC)

Conforme o delegado Francírio Queiroz, uma equipe de engenharia da FTL vai apresentar um relatório técnico sobre a queda do caixote. Além disso, ele também aguarda o depoimento das jovens. Uma delas contou que percebeu e alertou as amigas que a estrutura da lateral da ponte estava rachada, mas que mesmo com as rachaduras elas decidiram ficar no local para tirar a selfie.

 Polícia Civil investiga o caso (Foto: Divulgação / PC)
Com informações G1

Populares revoltados com a covardia dos bandidos, começaram uma perseguição nas ruas da cidade em busca de justiça. Um dos elementos ainda não identificado foi encontrado jogado ao chão, na rua Travessa Maranhão, com rosto todo desfigurado, vitima de tentativa linchamento. Informações dão conta que os dois suspeitos seriam da localidade Barra do Longá. Os pertences da vítima foram recuperados.

Regional 540x350

Uma viatura do Grupamento da Policia Militar de Bom Principio, composta apenas pelo cabo Chagas Silva, atendeu a ocorrência. Uma Ambulância da cidade de Caraúbas realizou os primeiros socorros a vítima de linchamento. O jovem por estar com serias fraturas, foi encaminhou imediatamente para o pronto socorro do Hospital Dirceu Arcoverde em Parnaíba.

Com informações Burik

A Secretaria de Estado da Saúde confirma um caso de Influenza A H1N1, de uma paciente residente em Teresina. A confirmação ocorreu ontem (19/04), em um trabalho conjunto com a Secretaria Municipal de Saúde. A paciente de 13 anos tem co-morbidade associada, pneumopatia crônica, está internada em UTI, com ventilação mecânica e estável. 

242d5991 4887 4a87 89e7 1e204405af2e

De acordo com o diretor de Vigilância e Atenção à Saúde(DUVAS), Herlon Guimarães, o caso foi confirmado laboratorialmente, por PCR, e a paciente está sendo medicada com Tamiflu, terapêutica adotada conforme protocolo clínico para H1N1. Ele afirma também que são disponibilizadas 20.500 unidades do medicamento, que já estão nas unidades hospitalares da rede estadual e municipal.

Campanha de Vacinação

A Secretaria de Estado da Saúde inicia a partir do dia 23 de abril a 20ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza (H1N1). A Campanha acontece até 1º de junho de 2018 e o dia D é 12 de maio.  No Piauí, estimam-se vacinar aproximadamente 800 mil pessoas.

A população deve procurar os postos de vacinação dos seus municípios.

Público a ser vacinado:

Pessoas com 60 anos ou mais de idade;

Crianças de seis meses a menores de cinco anos de idade (quatro anos, 11 meses e 29 dias);

Gestantes;

Puérperas;

Trabalhadores da saúde;

Povos indígenas;

Grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais(como o caso da adolescente);

Professores das escolas públicas e privadas;

Adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas;

População privada de liberdade;

Funcionários do sistema prisional.

Com informações MN/ASCOM

paraiba60pronto