Trilha JONAS 01112017

 

 

 

A Secretaria Municipal de Assistência Social e Geração de Renda (SEMAS) através do Cras Altivo e em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde através da Coordenadoria da pessoa com Câncer realizou nesta segunda – feira (20/11) o Encontro de Práticas Integrativas para pacientes oncológicos e seus familiares.

Conduzidos pela Terapeuta Holística Gabriela Mariano, os participantes realizaram meditação e receberam reiki com o objetivo de auxiliar na redução do estresse, na diminuição dos efeitos colaterais do tratamento e na melhoria de vida. Além disso, o evento contou com o depoimento de Rita Sena, que mostrou que a vida pode ser bem vivida e celebrada com grandes adversidades.

Recomendadas pela Organização Mundial de Saúde – OMS, as práticas integrativas além de serem fundamentais na recuperação da saúde, elas também são importantes para a prevenção, buscando qualidade de vida, saúde e equilíbrio atuando de forma integral entre corpo, mente e espirito.

 

 

 

ASCOM - PMCM

ev18

Evangélicos se reuniram no sábado (18/11) em Campo Maior para comemorar o dia do evangélico, instituiído, segundo o Projeto de Lei 027 - 2013 de 26 de dezembro de 2013. Foi realizado na mesma data, a Marcha para Jesus 2017, com concentração na Praça do Complexo de Eventos Valdir Fortes, de 16h às 17h30, quando saíram em caminhada pelas ruas do centro da cidade.

O presidente da Aliança dos Pastores de Campo Maior - APECAM, Levi Martins estava presente, bem como pastores de várias igrejas evangélicas de Campo Maior.  A programação do dia do Evangélico foi com a Marcha, oração, louvor, adoração e exaltação a Deus e a Jesus Cristo em Campo Maior.

ev20

Os pastores escoheram temas para orarem durante a caminhada em alguns pontos da cidade: Pela paz nas famílias, contra suicídios, homicídios, contra divórcios, crise e pela unidade. O final do percurso foi no mesmo local da concentração. Após a Marcha houve apresentação de grupos de louvores das igrejas evangélicas de Campo Maior, e um show com a Banda Xote Santo de Brasília.

O deputado estadual Aluísio Martins acompanhou a caminhada. O evento teve o apoio da Prefeitura de Campo Maior. A Banda de Música de Campo Maior também fez apresentações do hino de Campo Maior antes da saída para a caminhada, ainda no Complexo de Eventos.

 

ev28

ev27

ev29

ev11

Pastora em oração...

 ev1

ev21

ev22

ev10

ev24

iii4

Texto e Fotos: Valdamir Alvarenga

 

7000034

Na manhã deste sábado (18), encerrando a XLI Assembleia Diocesana de Campo Maior, foram divulgadas as nomeações e transferências do clero, bem como a nomeação do novo Vigário Geral, Padre Raimundo Cruz Duarte; do novo Chanceler da Cúria Diocesana, Padre Alcindo Saraiva, do Colégio de Consultores e do Conselho Presbiteral, sendo cada mandato de um quinquênio.

Confira as Nomeações:

1) Vigário Geral:

Padre Raimundo Cruz Duarte

2) Chanceler da Cúria Diocesana:

Padre Alcindo Saraiva Martins

3) Colégio de Consultores:

Padre Raimundo Cruz Duarte

Padre Gilcimar de Lima Machado

Padre Claudinei Silva Pereira

Padre Tadeusz Semmerling

Padre Gilberto Felipe da Silva

Monsenhor Paulo Mateus dos Santos

Monsenhor Silvestre Félix de Sousa

4) Conselho Presbiteral:

Padre Raimundo Cruz Duarte

Padre Gilcimar de Lima Machado

Padre Claudinei Silva Pereira

Padre João Paulo Moreira Santos

Padre Luís Francisco Fonseca Moura

Padre Allan Kardec F. de Araújo

Padre Francisco Miguel S. Xavier

A 2ª Vara da Infância e Juventude reavaliou 83 processos de adolescentes infratores que se encontravam no Centro Educacional Masculino (CEM), em um mutirão realizado com a participação do Ministério Público do Estado do Piauí, Defensoria Pública do Estado (DPE-PI) e as Polícias Civil e Militar. Após os julgamentos, 36 adolescentes conseguiram progressão de pena.  

menores

A Justiça também reavaliou os três adolescentes do caso Castelo que cumprem medidas socioeducativas em regime fechado desde o crime em 2015. Foi determinado que eles permanecerão no CEM, sem progressão até o momento. De acordo com a promotora da 46ª Promotoria de Justiça de Teresina, Francisca Lourenço, foram reavaliados 83 processos de adolescentes, sendo que 11 foram a pedido nos próprios autos, isto é, não participaram das audiências de mutirão. 

O número de progressões totalizaram 36, dos quais 23 progrediram da medida de internação para a liberdade assistida; 01 deverá realizar prestação de serviços à comunidade e 12 serão encaminhados para o projeto Semiliberdade. Ainda de acordo com a representante do Ministério Público Estadual, o CEM estava com 162 internos e 34 evadidos, somando 196. Dos 162 adolescentes que estavam na unidade 73 são da capital e 89 do interior. Dos 162, permaneceram 126 adolescentes.

O mutirão ocorreu através de requerimento da 46ª Promotoria de Justiça ao juiz da 2ª Vara da Infância e da Juventude de Teresina e as audiências ocorreram no Complexo de Defesa da Cidadania. 

Com informações CV

paaibaprontook