trilhafull

A atendente comercial Martha Barbosa informou que vai processar o município de Teresina após o erro ocorrido no dia 23, em que seu filho de quatro anos recebeu uma dose da vacina contra o HPV. A mãe conta que o menino ia se vacinar contra a gripe. A Fundação Municipal de Saúde (FMS) informou que está acompanhando a criança.

menino1

“Nós vamos tomar as providências legais, porque poderiam ter matado meu filho. Fui no hospital, ele ficou internado três dias e disseram que era uma virose, mas ele fez exames pra isso e não apontou virose”, declarou a mãe. A Fundação Municipal de Saúde (FMS) informou que está acompanhando a criança.

Segundo ela, o filho apresentou febre alta que pode ter sido causada em decorrência de uma reação à vacina. A equipe do posto de saúde onde ocorreu a aplicação, na Zona Sul de Teresina, teria dito a ela que, apesar de não ser comum a aplicação da dose contra o HPV em crianças com menos de 9 anos, a vacinação traria apenas benefícios ao menino.

Mãe disse que vai tomar as providências legais devido ao erro (Foto: Reprodução/TV Clube)

Em nota, a FMS inFormou que acompanha o caso e que não há relatos de reações graves em pacientes que tenham recebido a vacina contra o HPV. A campanha contra a gripe iniciou no dia 23 de abril em todo o país. Na capital piauiense, há sete casos confirmados de H1N1 e a procura tem sido intensa nos postos de saúde.

Desde 2017, o Ministério da Saúde adotou a vacina quadrivalente, que protege contra o HPV de baixo risco e de alto risco. A população-alvo prioritária da vacina HPV é a de meninas na faixa etária de 9 a 14 anos e meninos de 11 a 14 anos. O Ministério afirma que a vacina é segura e os eventos adversos pós-vacinação, quando presentes, são leves e autolimitados. Eventos adversos graves são considerados muito raros.

Confira a nota na íntegra:

A Fundação Municipal de Saúde informa que o caso acontecido com a criança que recebeu a vacina de HPV no lugar de gripe por falha humana já está sendo apurado para que sejam tomadas as devidas providências. A Diretoria de Vigilância em Saúde está monitorando a criança e informa que ela não sofrerá nenhum prejuízo, pois não há nenhum registro na literatura médica de reações adversas à vacina em casos como este.

Com informaões G1

Após cometer um assalto no Parque São Francisco na cidade de Timon-MA, em pleno meio dia, contra o trabalhador de iniciais A.C.C.S, de quem foi subtraída, sob ameaça de arma de fogo, sua  motocicleta, o assaltante Gustavo Reis dos Santos, 19 anos, foi agarrado e espancado pela população.

Ao ser avisada via COPOM do fato que estava acontecendo em plena via pública, uma guarnição do 11º BPM-MA chegou ao local em tempo de salvar a vida do transgressor, que já estava bastante machucado pela ação dos populares enfurecidos.

saraveins

 UPA & Central de Flagrantes

Gustavo foi levado para receber atendimento na UPA/Timon, e posteriormente foi entregue junto com a arma de fabricação artesanal  calibre 38, na Central de Flagrantes para o devido rito legal.

saravã 2

Com informações bloglucao

A cidade de Barras, Norte do Piauí, registrou três homicídios em menos de seis horas. Os crimes aconteceram na noite dessa segunda-feira (1) e madrugada desta terça-feira (2). Duas das vítimas foram mortas por disparos de arma de fogo, uma pessoa foi morta a facadas e outra foi gravemente ferida. De acordo com a Polícia Militar (PM), os crimes não possuem uma ligação.

colagem sem titulo

Segundo o capitão Miguel Batista, comandante da PM na cidade, o primeiro crime aconteceu por volta das 22h, diante de um bar. A vítima foi identificada como Carlos Cesar Cardoso da Silva, 21 anos.

“Ele foi morto a tiros e o suspeito foi preso em seguida. Ainda não há informação sobre a motivação para o crime”, informou o comandante.

O segundo homicídio ocorreu menos de duas horas depois, quando a vítima, identificada como Bruno de Oliveira, 29 anos, saia de uma festa e foi ferida com vários disparos de arma de fogo.

“O autor do crime é desconhecido, provavelmente foi uma emboscada. A polícia está em diligências e investiga o caso”, afirmou o capitão Miguel Batista.

A terceira morte foi a de Nadilson José Ferreira dos Santos, 21 anos. Conforme a polícia, o crime aconteceu por volta das 2h desta terça-feira (2).

“Três pessoas brigaram, a vítima esfaqueou Antônio Rodrigues do Nascimento, que ficou gravemente ferido, e um familiar esfaqueou o Nadilson, que não resistiu aos ferimentos e morreu”, explicou o comandante.

O suspeito de matar Nadilson foi preso em flagrante e encaminhado para a Delegacia Regional da Polícia Civil em Barras, que investiga esse e os demais crimes.

Com informações G1

Fotos feitas pela Polícia Civil mostram a ponte ferroviária localizada na Zona Rural de Castelo do Piauí, onde três meninas caíram da altura de 10 metros ao tirar selfie. As imagens fazem parte da investigação do caso e foram enviadas pelo delegado Francírio Queiroz ao G1 nesta terça-feira (1). De acordo com ele, o local não é sinalizado e nunca passou por manutenção. A empresa responsável informou que o acesso de pedestres ao local é proibido.

whatsapp image 2018 04 23 at 15.53.24

Segundo a Ferrovia Transnordestina Logística (FTL), a ponte, que fica localizada sobre o rio Cais, que divide Castelo do Piauí e Buriti dos Montes é uma área proibida para a circulação de pessoas não autorizadas. No entanto, a pista não possui saída lateral, apenas plataformas que os moradores chamam de "orelhas". As jovens contaram que as pessoas se abrigam nessas plataformas quando o trem passa na ferrovia.

Plataforma que desabou com jovens que tiravam selfies no local (Foto: Divulgação / PC)

Cinco testemunhas do acidente, que aconteceu no dia 22 de abril, já foram ouvidas pela polícia. Elas afirmaram a versão de que as jovens estavam na ponte ferroviária tirando fotos, quando entraram no caixote acoplado na estrutura e este desabou com elas. As vítimas sofreram fraturas, duas nas pernas e uma no calcanhar esquerdo.

 Local onde ficava a plataforma que desabou com as jovens (Foto: Divulgação / PC)

Conforme o delegado Francírio Queiroz, uma equipe de engenharia da FTL vai apresentar um relatório técnico sobre a queda do caixote. Além disso, ele também aguarda o depoimento das jovens. Uma delas contou que percebeu e alertou as amigas que a estrutura da lateral da ponte estava rachada, mas que mesmo com as rachaduras elas decidiram ficar no local para tirar a selfie.

 Polícia Civil investiga o caso (Foto: Divulgação / PC)
Com informações G1

paraiba60pronto