trilhafull

O ex-marido de Lucimara Gomes Ferreira Costa é o principal suspeito de matá-la na madrugada desta sexta-feira (29) em São Raimundo Nonato. De acordo com a delegada de São Raimundo Nonato, Cynthia Verena, a vítima foi morta com oito facadas e o ex-companheiro José Elessandro Ferreira da Silva se esfaqueou no abdômen. Ele foi socorrido e levado para atendimento médico. Essa seria a quarta morte com características de feminídio no Piauí somente neste mês de junho. 

Segundo a delegada, José Elessandro invadiu a casa da ex-companheira enquanto ela não estava na residência, no bairro Gavião, durante a madrugada e ficou esperando por Lucimara. Os três filhos do casal estavam na residência. Não há informações de que eles tenham presenciado o crime.

d07be9fb b6aa 47d3 9d06 f846450cb268

“Esse feminicídio ocorreu por volta das 2 horas da manhã. O ex-marido invadiu a casa, ela não estava, e ficou na residência esperando com a faca. Quando ela chegou, eles começaram a brigar, entraram em luta corporal e ele desferiu oito facadas nela. Depois, ele também se lesionou, se esfaqueou, na região do abdomen, mas já foi internado. O casal estava separando há pouco tempo. Ele não aceitava o fim da relação e era muito ciumento. Eles tinham três filhos, sendo que um era um bebê de seis meses”, relatou a delegada ao Cidadeverde.com.

A delegada irá ouvir na manhã de hoje algumas testemunhas sobre o caso e de como era a relação do casal. O suspeito recebeu atendimento médico devido às facadas que deu em si mesmo na região do abdômen e será encaminhado para o Presídio Vereda Grande em Floriano. 

Empresária 

A empresária Maria Valdinete Correia, de 51 anos, foi encontrada morta no dia 10 de maio deste ano com requintes de crueldade. Ela estava amarrada com cordas.  O crime ocorreu na casa da vítima, que estava toda revirada. A delegada Cynthia Verena ressaltou que as investigações desse caso continuam. Até o momento, ninguém foi preso.

Com informações MN

A prefeitura do município de Buriti dos Montes, no interior do Piauí,  abriu edital para realização de Concurso Público com vagas para profissionais de todos os níveis de escolaridade.

As 19 vagas disponíveis são para Operador de Máquinas (1); Engenheiro Civil (1); Psicólogo - Zona Urbana (1); Psicólogo - Zona Rural (1); Operador do Cadastro Único - Bolsa Família (1); Médico (3); Enfermeiro (2); Dentista (2); Farmacêutico/ Bioquímico (1); Técnico em Saúde Bucal/ Auxiliar de Consultório Odontológico (1); Agente Comunitário de Saúde; Nutricionista (1) e Motorista de Transporte Escolar (4).

concurso publico dicas

Os salários do concurso de Buriti dos Montes variam de  R$ 954,00 a R$ 4.700,00 ao mês, com jornadas de 20h a 40h semanais de trabalho. A prova objetiva e análise curricular devem acontecer a partir do dia 26 de agosto de 2018.

As inscrições iniciaram por volta das 10h desta quinta-feira (28) e devem ser efetuadas até o dia 19 de julho de 2018,  através do site da Gabriel Excelência, empresa responsável pela organização do certame. O valor da taxa de inscrição fica entre R$ 54,00 e R$ 90,00. 

EDITAL 

Com informações MN

Uma idosa identificada como Maria de Jesus Sousa, de 80 anos, foi assassinada enquanto dormia dentro de sua residência no bairro Pau Ferrado, município de Floriano. De acordo com informações, a sua casa foi arrombada e invadida por criminosos que levaram vários objetos, dentre eles um aparelho de televisão e em seguida mataram a vítima.

cb01e414 ca6d 4592 90b5 549711dcdf90

O filho da idosa, José Vera Cruz, foi o primeiro a chegar na casa. Zezinho, como é mais conhecido, foi fazer o café para sua mãe como tinha o hábito diariamente e ao chegar percebeu que a casa estava toda revirada. Imediatamente ele se dirigiu até o quarto quando viu a dona de casa deitada na cama com uma fralda enrolada no pescoço e já sem vida. A família acredita que ela tenha sido asfixiada pelo criminoso.

Uma equipe de policiais militares comandada pelo Sub-Tenente Afonso Décimo foi a responsável pelo isolamento da área até a chegada dos policiais civis para a realização da perícia no local.

A idosa teve o corpo submetido a exame cadavérico realizado pelo Dr. Pedro Atém Junior, médico plantonista do Hospital Regional Tibério Nunes. O laudo seguirá para o distrito policial da área, onde será anexado aos autos do inquérito, que será instaurado para dar início a investigação.

Com informações MN

A cantora piauiense Gleycielle Mendes de Sousa, conhecida como Vakeira Funk, procurou a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher para denunciar agressões por parte do marido e companheiro de banda, identificado pela polícia como Marcelo Francisco Pereira de Oliveira. Um vídeo compartilhado nas redes sociais mostraria um dos episódios de agressão, mas não foi confirmado pela polícia. O suspeito relatou que não tem conhecimento da denúncia.

As denúncias foram registradas no final do mês de maio. Segundo a delegada Vilma Alves, a cantora foi até a delegacia acompanhada de amigas, que a apoiaram a fazer o BO.

captura de tela 2018 06 18 as 11.29.28

De acordo com a delegada, as agressões aconteciam há algum tempo. “Ele vinha maltratando ela fisicamente, xingando ela, e ela ficava calada, chorava pelos cantos, e achava que ela ia melhorar. Ele mandava nela e ela sofreu muito calada”, disse a delegada Vilma Alves.

A vítima passou por um exame de corpo de delito, que teria comprovado a lesão corporal. Um vídeo compartilhado nas redes sociais mostraria um dos episódios de agressão, ocorrido dentro do escritório da banda que a cantora faz parte. A delegada disse que a cantora saiu de casa e foi acolhida por uma pessoa conhecida.

Para a delegada, um dos motivos das agressões seria a ascensão da carreira de cantora da vítima, o que estaria incomodando o marido. “Como ela ascendeu na banda, veio o ciúme, a inveja. Ela disse que quando era aplaudida, já ficava temerosa”, disse a delegada Vilma Alves. O suspeito deverá se apresentar à Polícia Civil ainda nesta semana.

A assessoria da banda que a vítima faz parte disse apenas ter conhecimento denúncia, e não confirmou a veracidade do vídeo que circula nas redes sociais e que mostraria a agressão sofrida pela cantora. A banda disse ainda que irá se manifestar sobre o episódio em breve.

Gleyci Mendes havia feito recentemente uma parceria com a cantora MC Melody. As duas gravaram a música "O Som da Copa Funk e Vaquejada", produzida especialmente para a Copa do Mundo 2018. A cantora é conhecida por tocar o estilo musical que intitulou "funkejada", uma mistura entre o funk e o forró de vaquejada.

Com informações G1

paraiba60pronto