trilhaoutubro2018

POLICIAL

 

Policiais da Força Tática do 15º Batalhão da Polícia Militar prenderam, na manhã dessa quinta-feira, 13, um dos suspeitos de promover uma onda de assaltos em Campo Maior. A ação criminosa foi pratica por dois elementos. A prisão de um dos acusados, identificado como Dutra, aconteceu na BR-343.
asssltoscm

Policiais da Força Tática receberam, por volta das 10 horas, informações de que uma dupla havia assaltado uma moto e logo em seguida Supermercado Gonçalo, no Bairro São Luís.

Os policiais do 15° BPM iniciaram as diligências, já fazendo o acompanhamento tático na BR-343 até a entrada da cidade de Altos, onde conseguiram interceptar Dutra, com o produto do roubo (R$ 2,5 mil) e uma revolve 38 com 5 munições intactas, o autor do crime.
assaltoscm

Ele não resistiu à prisão e logo em seguida foi encaminhado ao Distrito Policial para ser autuado em flagrante pelo crime de roubo.

Um grave acidente, do tipo capotamento, aconteceu no início dessa tardem Campo Maior, na BR-343, no quilômetro 254, nas proximidades do Monumento ao Heróis do Jenipapo. O ocorrido foi registrado por volta das 13 horas, com 04 vítimas, sendo 01 fatal e 03 com lesões graves.
acidentebatalha

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, o acidente aconteceu quando o motorista do Renault Sandeiro, com placas PIG 5524/PI, perdeu o controle do carro e saiu da pista, chegando a capotar.

O motorista, que até o momento ainda não foi identificado, morreu no local do acidente. Outras pessoas que ocupavam o carro, também ainda não identificadas,  sofreram ferimentos grave e foram levadas para o Hospital Regional de Campo Maior e depois transferidos para Teresina.

A Polícia Militar prendeu dois homens enquadrados na Lei Maria da Penha. O primeiro a ser detido foi um acusado identificado apenas Celino, que agrediu a própria mãe com o emprego de muita violência. Depois foi levado pelos policiais um homem identificado como André, que tentou matar a esposa com uma faca.
leidapenha1

Celino foi preso em sua casa, no Bairro Matadouro. Ele agrediu com socos e pontapés a mãe, que teve a sua identidade preservada pela polícia. A Polícia Militar foi acionada e prendeu o acusado em flagrante.

Já André foi preso, no Parque Recreio, com uma faca que ele usou para tentar matar a esposa, que também teve o nome preservado. André estava embriagado quando tentou o crime doméstico. Ele e Celino foram autuados em flagrante em crime previsto na Lei Maria da Penha.

leidapenha

O cabo da Polícia Militar Carlos Henrique Lopes Pereira, lotado em Campo Maior, morreu após envolver em um acidente de moto, ocorrido no final da tarde desta quarta-feira (14/11), em Campo Maior. O acidente aconteceu no centro da cidade.
15bpm

 Cabo Henrique, como era conhecido, não resistiu às complicações provocadas pelos ferimentos consequentes do acidente de trânsito. O policial militar chegou a ser socorrido pelo SAMU e levado ao Hospital Regional de Campo Maior, onde ainda chegou a receber cuidados médicos.

O comandante do 15º Batalhão da Polícia Militar, major Etevaldo Silva, divulgou nota lamentando a morte do cabo Henrique, frisando que o militar se destacou em vida pelo amor à farda e aos princípios da corporação. “Seu legado de honradez fica marcado para os que aqui ficam, seus familiares e amigos”, externou o major em nota.

paraiba60pronto