trilha full 09042018

Prefeito Ribinha determinou apoio a Defesa Civil no socorro as famílias

defes2

Campo Maior possui 13 bairros dentro de áreas de riscos de enchentes. Estes dados são da Defesa Civil do município, que possui mapeamento das zonas mais afetadas pelas cheias de rios em decorrência de chuvas fortes.  As últimas chuvas que caíram na cidade durante o período da Semana Santa deixaram famílias agitadas com medo de terem suas casas invadidas pelas águas. O prefeito professor Ribinha visitou vários bairros.

Muitas que residem no curso dos rios, não puderam evitar, outras ainda estão em alertas.  Preocupado com a situação o prefeito Professor Ribinha acionou a Defesa Civil, a Secretaria de Desenvolvimento Social – SEMAS e outras no socorro aos que correm riscos.

A Defesa Civil possui um mapa da zona de riscos de desastres e uma brigada socorrista para ajudar nas ações que precisam ser tomadas. O coordenador da Defesa Civil Edilson da Vargem, contou, que na segunda-feira (1) mais de 12 famílias foram alocadas pela Prefeitura em locais seguros.

efess3

Segundo Edilson, Campo Maior possui em torno de 1.800 famílias, que estão nas áreas de enchentes.  “O Rio Surubim está com o volume de água baixando, o Longá está cheio, e o Jenipapo está baixo. Quando os três enchem pode existir alagamento”, explicou.

Estas possibilidades só acontecem, além destes três se outros dois que passam na cidade encherem. Isto ocorrendo pode alagar alguns pontos dos Bairros de Flores, Lourdes, São Joao, parte do Centro, Califórnia, Matadouro, Cariri, Vila Papi, Santa Cruz, Paulo VI, Conjunto AMOR, Parque Estrela, Jordao, parte do Cidade Nova por estarem dentro das áreas de cheias”

“A Defesa Civil se reuniu com os presidentes de bairros e recebeu algumas demandas para prevenir em caso de alagamentos nestes pontos” , contou Edilson da Vargem, ressaltando, que possui uma equipe de brigadistas, que estão à disposição para atender situações mais grave.

O coordenador falou, que o prefeito Professor Ribinha disponibilizou toda a sua equipe de secretários caso haja necessidade. “Todos tem nos atendidos quando precisamos” , destacou Edilson. Caso alguém queira entrar em contato com a Defesa Civil ligar para(86)  994139056 e o Whats que é o (86)981630575. A zona urbana e rural está monitorada pela Prefeitura.

Texto e fotos :  Valdamir Alvarenga

paaibaprontook