trilhafull

POLÍTICA

De 9 a 13 de Fevereiro acontece em Campo Maior o Carnaval que já virou Tradição e é considerado um dos melhores carnavais do Piauí, pensando na segurança e comodidade dos foliões, o Prefeito municipal José de Ribamar (Prof. Ribinha) baixou um decreto no dia 29 de janeiro, que proíbe o uso e comercialização de garrafas e copos de vidro, regulamenta a utilização das vias, dispões sobre a fiscalização e segurança durante o período de carnaval no município.

DECRETOGA

A medida entra em vigor nesta sexta-feira, dia 9 de fevereiro, e termina na terça-feira, dia 13. A comercialização é proibida para qualquer tipo de bebida, alcoólica ou não. Quem estiver portando garrafas de vidro terá o objeto recolhido. O Prefeito, Prof Ribinha, afirma que o objetivo da determinação é garantir a segurança dos foliões.

O Decreto foi entregue ao Comandante do 15º Batalhão de Polícia de Campo Maior, major Etevaldo, durante uma visita ao quartel. O documento Oficial que proíbe a circulação de recipientes de vidro foi recebido pelo comandante, que afirma fazer valer a determinação do município.

DECRETO GARRA

343432

A Prefeitura de Campo Maior está dando prosseguimento a obra de revitalização da Orla do Açude. Nessa etapa os homens e máquinas da Superintendência de Obras trabalham na construção da ciclovia, que segue toda a extensão da orla do Açude de Campo Maior.

O prefeito Professor Ribinha disse que vai manter o cronograma previsto no projeto da obra, que está sendo executada com recursos próprios da Prefeitura Municipal. “Vamos manter o cronorama previsto, foi finalizado os ajustes da passarela e agora iniciamos a etapa da construção da ciclovia e em seuida deverá ser iniciado o projeto de jardinagem", destacou o prefeitoO prefeito disse ainda que está previsto a aquisição dos novos postes que irão substituir os antigos. Os novos postes serão redondos e mais elevados e todos com iluminação de Led.

343431

O campus Heróis do Jenipapo de Campo Maior recebeu nessa segunda-feira, 22.01, investimentos na área de informática e climatização. Os equipamentos foram adquiridos com a emenda do deputado estadual, Aluísio Martins, que fez a entrega a entrega, acompanhado da reitora em exercício Bárbara Melo.
uespi equipa 13

Foram entregues impressoras multifuncional, estabilizadores, data show, computadores de mesa, notebooks e condicionadores de ar. A reitora Bárbara Melo informou que os equipamentos serão instalados nos laboratórios do campus.
uespi equipa 33

Os equipamentos foram comprados com recurso de emenda do deputado Aluísio Martins, na ordem de R$ 70 mil. O parlamentar revela que agora vai buscar recursos para a construção do novo prédio do campus Heróis do Jenipapo.
uespi equipa 37

“Já destinamos duas emendas para a modernização do campus Heróis do Jenipapo e agora vamos buscar, junto ao Governo do Estado, a viabilidade para que seja construído um novo prédio, mais moderno e mais amplo”, destaca o deputado Aluísio Martins.   
uespi equipa 54uespi equipa 72

mm7

A Prefeitura Municipal de Campo Maior, por meio da Secretaria municipal de Educação vai construir duas salas de aulas e um setor administrativo na Escola Briolanja Oliveira, no Bairro de Flores para receber alunos que estudavam na escola Raio de Esperança.

Serão construídos: diretoria, sala de aulas, de professores, e banheiros para os professores e os alunos da rede municipal de ensino, que antes estudavam na escola Raio de Esperança, no mesmo bairro, e estava pequena para atender a demana.

Segundo a secretária de Educação Conceição Lima, até a sexta-feira (19.01) já tinham mais de 430 alunos matriculados, há uma previsão de que mais alunos procurem a unidade para matrículas, chegando próximo aos 500.

No ano passado, numa reunião entre pais, a direção da escola, a secretária e os responsáveis pelo antigo prédio onde os alunos estudavam, foi oficializada a transferência deles para o Briolanja, em 2018.

O prefeito Professor Ribinha e a secretária Conceição Lima conseguiram numa parceria com o Governo do Estado, a escola para a alocação dos alunos. O colégio Briolanja é da rede estadual, foi reformado no ano passado e possui espaços para receber as turmas de ensino fundamental até o 9º ano.

O Colégio Raio de Esperança, era alugado para o município, representando mais despesas aos cofres públicos. Com a transferência, o município vai economizar por ano mais de R$ 20 mil.

Na semana passada, o prefeito, a secretária, membros do Conselho Municipal de Educação, e a presidente do Sindserme, a professora Bernadete Silva e os profissionais que vão construir o anexo foram a Escola Briolanja para ver o projeto. Há uma previsão de que logo após o carnaval, antes do início do período letivo os trabalhos estejam concluídos.

mm3

mm4

mm

mm5

Texto : Valdamir Alvarenga

paraiba60pronto