Trilha JONAS 01112017

Piranha foi condenado a 33 anos de prisão por estupro e morte de menina

Terminou agora há pouco o julgamento de Francisco Vieira da Silva, o Piranha, que é o acusado de estuprar e estuprar a menina Franciele da Silva Santos, de 9 anos. O crime aconteceu em 2015, na comunidade Porção, em Campo Maior, e chocou a sociedade do Piauí. Entidades ligadas aos direitos da criança e adolescentes pediram pena máxima para o culpado.
piranha

Piranha agora é considerado culpado pela Justiça, uma vez que o conselho de sentença do Tribunal de Júri proferiu uma sentença de 33 anos e 6 meses de cadeia, ou seja, 23 anos e 6 meses pela morte da criança e ainda 10 anos pelo estupro de Franciele.

O julgamento, que estava sendo presidido pelo juiz Múccio Meira, começou por volta das 9 horas e terminou por volta das 14 horas. O Fórum de Campo Maior estava  cercado de policiais e o acesso estava restrito.
piranha6

Piranha saiu da sala de julgamentos direto para a Penitenciária de Esperantina, onde está preso desde o crime, que aconteceu em 2015. Piranha matou Franciele afogada, após violenta-la sexualmente.

paaibaprontook