Trilha JONAS 01112017

CRISE: Força Tática de Campo Maior é acionada após nova rebelião em Esperantina

Detentos se rebelaram novamente e tomaram a Penitenciária Regional Luiz Gonzaga Rebelo, no município de Esperantina, Norte do Piauí, nesta sexta-feira 06/10, segundo o Sindicato dos Agentes Penitenciários (Sinpoljuspi). A informação foi confirmada pela Secretaria de Justiça do Piauí (Sejus). No início desta tarde, um motim nos pavilhões C e D da unidade deixou três presos feridos. De acordo com o presidente do Sinpoljuspi, José Roberto, a rebelião chegou a mais duas alas da unidade. “Agora são 390 presos, dos 420. Os pavilhões A, B, C e D estão todos rebelados. Tomaram de conta de toda a estrutura da carceragem e passarelas”, informou. O sindicato informou que a penitenciária tem 156 vagas e no momento abriga 420 presos.

detentos

Segundo o sindicato, apenas quatro agentes penitenciários estão de plantão hoje. “Tem outros três da direção e um que estava de folga e foi colaborar”, afirmou Zé Roberto. Na Manhã de ontem 05/10 o Deputado Robert Rios deu entrada em um Requerimento na Assembleia Legislativa do Estado pedido ao Governador o afastamento do então Secretário de Justiça Daniel Oliveira, mas o requerimento não foi recebido pela casa. Na Manhã desta sexta-feira o governador declarou que não irá exonerar o atual Secretário de Justiça.

A Secretaria de Justiça (Sejus) informou que quatro guarnições da Tropa de Choque da Polícia Militar, além da Força Tática de três municípios próximos (Piripiri, Campo Maior e Pedro II) foram acionados para o local.

Conforme a Sejus, 40 policiais do efetivo convencional, 30 de Choque, 8 agentes penitenciários do Comando de Operações e efetivo do Canil da PM também tentam conter a rebelião.

O Sinpoljuspi afirma que oito detentos fugiram da unidade durante o motim. A Sejus declarou que só poderá confirmar se houve fuga ou não após a vistoria e contagem dos presos.

Com Inofrmações SEJUS/G1.

paaibaprontook