Trilha JONAS 01112017

Comandante da PM diz que processo para expulsar capitão Alisson Wattson está adiantado

O capitão da Polícia Militar, Alisson Wattson, que confessou ter matado a própria namorada Camilla Abreu a tiros no mês de novembro, será expulso da Polícia Militar ao fim do processo administrativo movido pela corporação. O comandante da Polícia Militar, coronel Carlos Augusto, informou em entrevista ao Jornal do Piauí que o processo administrativo interno está avançado e que em outros casos semelhantes ao de Alisson culminaram em expulsão.

capitao

"As pessoas quando tem desvio de conduta, a medida é a da lei. A PM cabe fazer o que tem sido feito. O processo está bastante adiantado e em todos os casos como este a Polícia sempre optou pela expulsão. Não poderia antecipar pois seria infração dla minha parte", explicou o coronel.

Com informações CV

paaibaprontook