trilhaunook

Polícia Civil confirma que mulher achada em matagal foi assassinada

A Polícia Civil de Campo Maior confirmou na manhã dessa terça-feira, 19.03, que a adolescente Sabrina Sousa Silva, de 17 anos, cujo corpo foi achado em um terreno baldio, no Bairro São João, em Campo Maior, na manhã de segunda, foi mesmo assassinada. Ela teve traumatismo craniano e o pescoço quebrado, após ser violentamente espancada.
mulherachaok

A confirmação do assassinato aconteceu após a realização da necropsia no corpo feita por peritos da Polícia Civil e informada nessa manhã pelo policial Bayker Martins, que também revelou já ter a identificação do assassino. “Ela tinha envolvimento com drogas e era uma pessoa de situação vulnerável, pois morava na rua e era usuária de drogas”, revela Bayker.  

O corpo de Sabrina foi localizado por volta das 10 horas de segunda-feira, 18.03, em um matagal, a menos de 20 metros da Igreja de Nossa Senhora das Mercês, no Bairro São João.

paraiba60pronto