trilhafull

POLICIAL

 

098887

Na manhã desta segunda-feira 23/5, a equipe de investigação da 5º Delegacia Regional de Polícia Civil, sob o comando do Delegado Anchieta Nery, recapturou um homem identificado como Daniel Pereira de Sousa, vulgo “Pio”, foragido da Penitenciária Irmão Guido. “Pio” foi condenado pelo Tribunal Popular do Júri de Campo Maior a 18 anos de prisão, por ser uma dos coautores do homicídio qualificado que vitimou um adolescente.

Segundo o delegado Anchieta, o sentenciado aproveitou-se de seu encaminhamento para tratamento de saúde durante a execução da pena para empreender fuga.

“Ele foi encaminhado ao hospital público psiquiátrico para tratamento e durante esse tratamento ele fugiu. Iniciamos então um trabalho de levantamento de informações para cumprir mandados de prisão em aberto e recapturar foragidos que estejam na área de atuação desta unidade de polícia judiciária e conseguimos recaptura-lo aqui em Campo Maior”, destacou.

O delegado completou dizendo que nas próxima horas, novas prisões surgirão em cumprimento a mandados de prisão em aberto. 

Policiais do Serviço de Inteligência prenderam no inicio da tarde dessa terça-feira, 23.05, um home identificado como Ernane Sousa Santos, que é acusado de estuprar a própria afilhada, na comunidade Água Fria, em Campo Maior.  O Conselho Tutelar fez o acolhimento da garotinha e a entregou para uma avó.

delegada
Delegada do menor, doutora Camila

A vítima tem apenas 11 anos de idade e foi atacada dentro de sua casa, enquanto os pais dormiam embriagados. De acordo com informações do policial Baker Martins, Ernande foi preso por volta das 13 horas, na zona Rural de Jatobá do Piauí, após a Justiça de Campo Maior decretar a sua prisão.

De acordo com informações do Conselho Tutelar, o estupro ocorreu na comunidade Agua Fria, no dia 06 de maio passado. Ernandes era vizinho, primo e padrinho de consagração da vítima e por tanto tinha transito livre na casa da menina.

A menina já vinha sofrendo aliciamento por parte do acusado e o Conselho Tutelar, ao ser informado do caso, adotou as providências. Resgatou a criança da casa dos pais e acionou a Polícia Civil de Campo Maior.

Baker Martins informou que após ser informada da Ocorrência adotou as providências que foi colher provas , intimar o acusado para prestar depoimento e proceder exames na menina, cuja violência sexual ficou comprovada.

O policial informa que Ernandes será indiciado pelo crime de estupro e aguarda,  na cela do 1º Distrito Policial, a remoção para uma penitenciária, em Teresina.

Policiais da Força Tática da Polícia Militar de Campo Maior prenderam, por volta das 19 horas, de quinta-feira passada, no Bairro Flores, um homem identificado como Júnior Caipirinha. Ele foi abordado por policiais do moto-patrulhamento próximo a Praça de Flores.
trafico                       

Com Júnior os policiais encontraram crack, que segundo a Polícia Militar estava sendo vendido em plena praça do bairro. Caipirinha foi detido e levado para o 1º Distrito Policial para ser autuado em flagrante pelo crime de tráfico de drogas.
trafico1                         

A Polícia Militar, em mais uma ação preventiva  como moto-patrulhamento tático  com policiais da Força Tática de Campo Maior , apreenderam cinco menores que estavam com três ‘simulacros de arma de fogo’.  A apreensão dos menores e das armas de brinquedo aconteceu, na noite dessa quarta-feira, 03.05, nas proximidades do terminal rodoviário.  
menores1                    

De acordo com o major Etevaldo Silva, comandante da PM de Campo Maior, os menores iria usar as "armas de brinquedo" para praticar assaltos na cidade. Todos os detidos foram levados para o 1º Distrito Policial.     
menoresalvo        

"A Polícia Militar em Campo Maior segue vigilante para garantir a tranquilidade do cidadão. Com a aproximação dos festejos de Santo Antonio vamos intensificar as buscas e realizar mais operações para termos bons resultados que possam tirar de circulação os elementos que teimam em infringir a ordem", disse o major.

As falsas armas foram apreendidas e os menores responderão a procedimento de investigação infracional.

paraiba60pronto