trilhafull

POLICIAL

 

Uma mulher chamada de Elisa Amélia Rodrigues, usou sua página pessoal no Facebook para comemorar a morte do delegado de Polícia Civil, Jorginho que faleceu na manhã desta quarta-feira 14/03, vítima de um infarto fulminante em sua residência na capital Teresina. A publicação foi apagada horas depois.

mulherde

Na postagem ela escreveu: "Agora infeliz, tu vai saber das maldades que tu fez com as pessoas......", a mulher usou de várias palavras para descrever o seu comentário.

Após a postagem do comentário que está circulando na internet causou revolta, mas também apoiadores.

Uma mulher foi agredida a golpes de faca na manhã desta sexta-feira (09), no cruzamento entre as avenidas Frei Serafim e Desembargador Pires de Castro. 

Segundo informações, Maria Nazaré de Sousa Pereira, de 40 anos, estava trabalhando próximo ao semáforo quando um homem, ex-companheiro da vítima ainda não identificado, começou a agredir Maria Nazaré. Para tentar se defender, ela foi para a calçada, mas continuou sendo violentada.

facadamulher

“Ela estava trabalhando no sinal, quando ele a viu, foi atrás já com a faca na mão para esfaqueá-la. Eu tentei separar jogando uma pedra daí conseguiram segurar ele”, conta Carlos Eduardo, uma das testemunhas.

O suspeito, atigindo por pedras e socos das testemunhas no local foi levado ao Hospital de Urgência de Teresina (HUT) pela delegada Vilma Alves, titular da Delegacia da Mulher, que esteve no local. Ele passará por uma cirurgia na mão. A delegada afirma que o casal havia terminado o relacionamento há três meses. 

Maria Nazaré foi socorrida e também levada ao HUT, segundo o hospital os golpes não atingiram nenhum órgão vital, mas ela ficará em observação.    

Com informações Portalaz

No dia 06 de março de 2018, por volta das 21h30, no km 269 da BR 343, em Campo Maior/PI, uma equipe de serviço da Polícia Rodoviária Federal - PRF, quando em serviço de fiscalização em frente à Unidade Operacional, flagrou um motorista de caminhão, que transitava de Tianguá/CE para Caxias/MA carregado de verduras, portando consigo comprimidos de anfetamina, conhecidos popularmente como “arrebites”, que são proibidos pela legislação vigente. Ato contínuo, foi constatado pela equipe da PRF que havia algumas infrações de trânsito no veículo, tais como o licenciamento anual, que estava vencido, o que geraria o recolhimento do caminhão ao pátio da PRF. 

caminhoneiroprf

O motorista apresentava muito nervosismo, mão trêmulas e agitação. Diante da situação, logo após a equipe PRF iniciar os procedimentos legais perante os fatos flagrados, o Sr. de iniciais F. A. L. C. ofereceu a quantia de R$ 200,00 (duzentos reais) para os policiais, com o objetivo de se livrar do flagrante de porte ilegal de drogas e das multas de trânsito, tendo sido configurado então o crime de “corrupção ativa”, que é corromper o servidor público a deixar de praticar ato previsto em lei (art. 333 do Código Penal). 

Com isso, o condutor foi encaminhado à Polícia Civil de Campo Maior/PI, para os procedimentos devidos de polícia judiciária, devendo o mesmo responder pelos dois crimes em flagrante. Ressalta-se que é crime oferecer qualquer tipo de vantagem indevida a agente público, que esteja exercendo a função pública, ou em razão dela, a fim de se obter proveito próprio ou de terceiros.

Um homem identificado como Wagner Nunes, de 45 anos, foi preso durante um encontro em que marcou com um garoto de 15 anos de idade, na cidade de Parnaíba. O homem é professor da rede particular e o garoto, suspostamente, seu aluno. O encontro foi marcado em um local que fica no bairro Piauí, atrás de um motel onde existe pouco movimento de pessoas e veículos. O local é conhecido por receber pessoas que promovem encontros amorosos.

professorali

O tio do adolescente teria desconfiado das mensagens e começou a se passar pelo menino, recebendo fotos íntimas do professor. Wagner sempre usou a tática de tratar o garoto de forma carinhosa, oferecendo-lhe presentes e dinheiro. Em uma das mensagens trocadas, o professor pediu para marcar um encontro e logo foiaceito. Ao chegar no local, o tio agrediu Wagner e logo imediatamente acionou a Polícia Militar, que o prendeu em flagrante.

Com o professor foram encontrados dois aparelhos telefônicos, onde um deles continham as mensagens trocadas com o adolescente. A Delegacia de Parnaíba irá investigar se existem outras vítimas em que o professor teria aliciado ou mesmo mantido relações sexuais. O suspeito nega todas as acusações.

Com informações blogdopessoa 

paraiba60pronto