trilhafull

POLICIAL

 

Uma idosa sofreu um infarto após bandidos invadirem sua residência no povoado Chapada da Limpeza, distante cerca de 7 km da cidade de Esperantina, no Norte do Estado. Revoltados, moradores tentaram linchar a dupla que só não foi morta devido a chegada de policiais. 

img 20180228 wa0150

O caso ocorreu na tarde desta quarta-feira (28). A idosa teria sofrido infarto com o susto. 

"Os dois tomaram uma moto de assalto e ao empreender fuga a motocicleta não pegou. Logo em seguida, a dupla começou a invadir as residências para praticar crimes quando invadiram a casa da idosa e a mesma abalada acabou tendo um infarto", disseram moradores a uma site local. 

Os suspeitos são menores de idade e foram conduzidos a 13ª Delegacia de Policia Civil, em Esperantina. 

Com Informações CV

A Polícia Federal deflagrou a operação “Fogo Amigo” que investiga onze militares temporários do Exército suspeitos de comprar armas com documentos falsos. O objetivo é apreender armas de fogos adquiridas de forma fraudulenta pelo militares lotados no 2º Batalhão de Engenharia e Construção (2º BEC) de Teresina. 

armadefesa

De acordo com a Polícia Federal, a fraude consistia na instrução de processos de autorização para a compra de arma de fogo, mediante o uso de documentos falsos, como civis e a omissão da condição de militar, cuja autorização para aquisição somente poderia ser expedida pela respectiva corporação militar. 

O comando do 2º BEC prestou todas as informações necessárias e colabora com as investigações. Ao todo foram cumpridos 11 mandados de busca e apreensão na residência dos investigados que deverão responder pelo crime de uso de documentos falsos previsto no artigo 304 do Código Penal Brasileiro. 

Ex-militares

A investigação é da comissão de segurança privada da Polícia Federal sob o comando do delegado Fernando Cruz. Todos os envolvidos não fazem mais parte dos quadros de militares temporários, já deixaram a corporação. 

A Polícia Federal informou que quando estavam na função no Exército, eles foram comprar armas e omitiram a informação de que eram militares. 

Foram feitas diligencias na casa deles e foram apreendidos todos os armamentos, que não tiveram seus calibres divulgados. Eles agora devem prestar depoimentos e apresentar a defesa porque omitiram a informação de que pertenciam ao Exército. 

O delegado Fernando Cruz informou que não concederá entrevista coletiva.

O 2º BEC divulgou nota: 

Informamos que o comando do 2º BATALHÃO DE ENGENHARIA DE

CONSTRUÇÃO vem colaborando com a Delegacia de Armas da Polícia Federal do
Piauí, após tomar conhecimento sobre a possibilidade de militares desta Unidade terem
adquirido armas de fogo de maneira que contraria a legislação vigente.
Na manhã do dia 27 de fevereiro de 2018, a Superintendência Regional da
Polícia Federal do Piauí deflagrou a operação “FOGO AMIGO”, que em resumo é o
desdobramento dessa colaboração entre o EXÉRCITO BRASILEIRO e aquela agência.
Enfatizamos que a conduta dos militares é individual e pontual, sendo que a
Força Terrestre não compactua com procedimentos delituosos de quem quer que
seja.

Teresina, 27 de fevereiro de 2018.

Comando do 2º Batalhão de Engenharia de Construção

 

Com informações CV

A justiça decretou, durante audiência de custódia neste domingo 25/02, a prisão preventiva de Flábio Silva de Sousa, suspeito de tentar matar Diógenes Cassimiro do Nascimento durante uma briga de trânsito nesse sábado (24). Ele estava armado e pode responder ainda por porte ilegal de arma de fogo.

carro1

Segundo o gerente de polícia metropolitana, delegado Luccy Keiko, o juiz decretou a prisão preventiva durante audiência de custódia pelo crime de tentativa de homicídio. Ele ficará preso enquanto o inquérito se encerra, dentro do prazo de 10 dias. O delegado Ademar Canabrava, do 12º Distrito Policial, investigará o caso.

Diógenes Cassimiro responderá em liberdade pelos crimes de lesão corporal leve e dano qualificado. Segundo a Polícia Civil, ele é suspeito de quebrar o carro de Flábio usando um pedaço de madeira e, durante a ação, ferir a esposa do proprietário.

Flábio teria, então, sacado uma arma e disparado contra Diógenes. Este foi atingido na perna e a briga causou grande tumulto e pânico em uma concessionária de veículos diante da qual a briga aconteceu.

Vídeos, áudios e fotos feitos por funcionários demonstraram o temor causado. Vários tiros foram disparados no local e a concessionário informou, por meio de nota, que tomará as providências, inclusive na esfera criminal, a respeito dos prejuízos causados.

Com informações G1

Na noite desta sexta-feira 23/02, por volta de 19h40, um acidente envolvendo um veículo modelo Onix e uma motocicleta deixou uma pessoa mortano entroncamento das BR-316 e BR-343, na comunidade Estaca Zero, zona rural de Lagoinha do Piauí.

1 10 540x350

A vítima fatal foi identificada como José Luiz Jesus de Oliveira, de 51 anos, morador do Assentamento Serra da Barreirinha, município de Olho D’água do Piauí. Com o impacto, a vitima morreu no local do acidente.

De acordo com informações repassadas pela Polícia Militar, o acidente foi do tipo colisão frontal. “A vítima seguia da comunidade Estaca Zero no sentido Barro Duro quando se chocou de frente com o veículo Onix que seguia no sentido contrário. O choque aconteceu no momento em que o carro tentou entrar no balão no sentido Água Branca. O condutor da motocicleta morreu no momento do acidente”, disse um PM.

A Polícia Militar informou ainda que o carro envolvido na colisão é um veículo novo e ainda não foi emplacado.

Com Informações MN

paraiba60pronto