Trilha JONAS 01112017

67º Exposição Agropecuária do Piauí, EXPOAPI, será realizada no período de 2 a 10 de dezembro

88889777

A  67º  Exposição Agropecuária do Piauí, EXPOAPI, será realizada no período de 2 a 10 de dezembro, no Parque de Exposição Dirceu Arcoverde. A Expoapi, que já faz parte do calendário de grandes eventos, é considerada a maior Exposição Agropecuária do Piauí e uma das maiores do Nordeste, sendo realizada pelo Governo do Estado através da Secretaria do Desenvolvimento Rural e Associações de produtores e criadores, como APCZ ,APCEQ e AVAPI.

Segundo o diretor do Agronegócio da SDR, Filemon Nogueira, em comparação às outras edições, a Expoapi 2017 segue a tendência de ampliar os números, no que se refere a participação de público, expositores e animais. “Estamos fazendo todo planejamento detalhado que um evento deste porte exige, formamos uma comissão com representantes dos órgãos envolvidos no evento e estamos nos reunindo semanalmente para definir os detalhes da expoapi”, frisou Filemon.

O diretor acrescentou que nas visitas ao Parque de Exposição, realizadas às terças-feiras, estão sendo definidas estratégias para atuação de setores como saúde e vigilância sanitária, segurança e distribuição de estandes.

Dados da última edição revelam que a Expoapi 2016 reuniu mais de 15 expositores só na área de bovinos; gado de elite, nelore, foram mais de 400 animais, 2 mil ovinos e caprinos e o primeiro leilão faturou 750 mil reais.

O secretário da SDR, Francisco Limma, avalia que a melhoria considerável da estrutura do Parque de exposição desde 2015 e o nível de organização e de integração, ocorrida em razão da decisão do governo de organizar a exposição de forma integrada, vai proporcionar que o evento se destaque das outras edições. “Produtores, expositores, entidades e agropecuaristas trabalhando coletivamente, vão refletir o momento atual de nossa agropecuária. Como determinação do governador Wellington Dias, a exposição não é somente uma festa, mas um espaço de negócios. Hoje somos destaque no cenário estadual, regional e nacional, pois saímos da condição  de estado que produz pouco para o 3º maior na produção de grãos do Nordeste e o 11º no país e agropecuária ganha uma força significativa, sobretudo, o agronegócio de grãos, no impacto e na melhoria do PIB  (produto interno bruto) na nossa  economia”, diz.

O secretário citou o aumento das exposições de 6 para 12, o número de leilões de quatro para oito e a integração do governo com as entidades, além da orientação do governador Welington Dias, para que as exposições não sejam somente espaços festivos, mas também  de negócios e de troca de informações. “Um local de apresentação do que temos de melhor na área agropecuária. O segmento de leite está extremamente animado com a expectativa da instalação de um laticínio no norte do estado, na ovinocaprinocultura temos perspectiva de um frigorífico na região de Picos e Paulistana  e também podemos citar a expansão que tem acontecido da fruticultura e  o  pescado em destaque regional ampliando para o nacional, sem contar que temos todo aparato tecnológico por causa das empresas, investindo no Estado e na pesquisa por conta do trabalho e extensão e atraindo todos os segmentos da cadeia. Isso tudo vai refletir no sucesso da nossa Expoapi”, concluiu o gestor.

Além dos leilões, exposição de animais e eventos paralelos, a Expoapi também contará com uma programação especial de shows que serão divulgados nos próximos meses pela organização do evento.

paaibaprontook