trilhaoutubro2018

Agentes de Limpeza Pública de Castelo do Piauí, trabalham sem equipamento de proteção

Moradores da cidade de Castelo do Piauí, que fica a 186 Km de Teresina, denúnciam que os agentes de limpeza do município estão trabalhando sem equipamentos de proteção individual (EPIs).

limpa2

 

O EPI ajuda a proteger o empregado, evitando as consequências negativas quando do acontecimento de possíveis acidentes no ambiente de trabalho. Além disso, o equipamento de proteção individual também é utilizado para garantir que o empregado não seja exposto a doenças que possam, eventualmente, comprometer sua capacidade de trabalho e sua vida durante e depois da atividade exercida. Nas fotos publicadas no blog marvão noticias é possivel ver trabalhadores sem os devidos equipamentos durante a realização de suas atividades.

Sua obrigatoriedade é determinada pela norma técnica NR 6, que, entre outras coisas, estabelece que o equipamento seja fornecido gratuitamente pelo empregador de acordo com as funções de cada membro da força de trabalho.

A norma também prevê quais são os equipamentos aceitados para proteção de cada parte do corpo. Estabelecendo que é obrigação dos supervisores do empregado e da empresa garantir que o funcionário faça o uso correto, e constante, do EPI durante o todo o período de trabalho.

Segundo informações, contidas no blog marvão, um servidor ao ser interpelado e não quis se identificar por medo de represália, disse que “Só trabalhamos nessas condições por medo de passar fome e temos filhos para alimentar”. A denuncia foi levada ao  Ministério Público para que tome as devidas providencias legais.

Com Informações blogmarvão

paraiba60pronto