trilhafull

Hemopi reforça ações e inicia o Junho Vermelho

77765555

Durante todo esse mês acontece o movimento nacional chamado Junho Vermelho, que tem o objetivo conscientizar a população sobre a importância de doar sangue. O Centro de Hematologia e Hemoterapia do Piauí (Hemopi), é responsável pelo abastecimento de toda a rede pública hospitalar e parte da rede privada piauienses.

Com a proximidade do período de férias, e também das festas juninas e a Copa do Mundo, a baixa nos estoques fica em torno de 30% a 40% da quantidade considerada ideal, como consequência da baixa adesão de doadores neste período do ano. Por isso, o Junho Vermelho, é uma ação fundamental para os bancos de sangue.

“Estamos convocando os doadores e aqueles que tem intenção de doar sangue pela primeira vez para ajudar a manter o estoque. O sangue e as plaquetas são essenciais para os atendimentos de urgência e emergência”, explica o diretor do Hemopi, Jurandir Martins.

Nesse mês o Hemopi intensifica os contatos com os parceiros em relação a doação. Empresa, igrejas, escolas e grupos da sociedade civil, ajudam a dar fôlego ao estoque de sangue.

Na próxima quinta-feira (14), é comemorado o Dia Mundial do Doador de Sangue e o Hemopi preparou uma programação para a data. O evento acontece no Parque Potycabana, a partir das 17h, com atrações musicais e folclóricas.

“Será um momento festivo para comemorar junto aos doadores e também vamos aproveitar o movimento do parque e fazer essa conscientização sobre a importância da doação de sangue. Precisamos captar mais doadores e aproveitar a data para isso”, afirma o diretor.

Procedimento para doar

Para doar sangue, basta estar em boas condições de saúde, comparecer alimentado ao posto de coleta, ter entre 16 e 69 anos (menores devem portar autorização impressa no site do Hemopi e maiores de 60 anos devem ter doado ao menos uma vez antes de completar a idade), pesar acima de 50 kg e levar documento de identidade original com foto.

É recomendável evitar alimentos gordurosos nas quatro horas que antecedem a doação e, no caso de bebidas alcoólicas, 12 horas antes. Se a pessoa estiver com gripe ou resfriado, não deve doar temporariamente. Mesmo que tenha se recuperado, deve aguardar uma semana para que esteja novamente apta à doação. Quem tomou a vacina contra a gripe precisa esperar 48 horas antes de doar.

Após a doação, é necessário seguir as seguintes orientações:

» permanecer no hemocentro por mais 15 minutos para evitar que você se sinta mal com a doação;
» manter o curativo por pelo menos 4 horas;
» não ingerir bebidas alcoólicas;
» não fumar por 02 horas;
» evitar esforço físico exagerado por 12 horas, especialmente com o braço utilizado para doação;
» beber bastante líquido;
» se for dirigir veículo automotor ou ser transportado em motocicleta, parar imediatamente o veículo em caso de mal-estar.

Na ocorrência de febre, diarreia ou outro sintoma de doença infecciosa até 7 dias após a doação, comunicar imediatamente o Hemopi através dos telefones 3221- 8320/3221 4989.

Serviço
O Hemopi funciona na Rua 1º de Maio, 235 Centro/Sul. As coletas são feitas de segunda a sexta-feira, das 7h15 às 18h, e aos sábados e feriados, das 7h15 às 17h.

Também é possível doar sangue nos Hemocentros Regionais de Picos, Parnaíba e Floriano de segunda à sexta das 7h15 às 18h.

paraiba60pronto