trilhafull

REGIONAL

 

Algumas cidades do piauí entre elas a capital, Teresina registraram vários casos de conjuntivite viral, doença considerada altamente contagiosa. A oftalmologista, Namir Clementino dos Santos, explica que a doença é sazonal e prevalente neste período de ano, quando as chuvas são frequentes. A profissional enumera os cuidados necessários para evitar a contaminação. 

maxresdefault

"As pessoas não-infectadas devem evitar levar as mãos aos olhos. A contaminação não se dá pelo contato próximo, mas pela inoculação acidental de secreção do vírus no olho. Por exemplo, a pessoa usa a mesma toalha, o mesmo telefone ou  outros objetos contaminados e acidentalmente leva a mão no olho. Assim pode adquirir a infecção", alerta Namir Clementino. 

Entre os sintomas da doença estão irritação e prurido ocular até 72 horas antes de caracterizado o quadro clínico. A oftalmologista recomenda que as pessoas infectadas se afastem das atividades habituais. 

"Alguns vírus são mais agressivos e dão mais inflamação, inclusive com formação de membrana revestindo a conjuntiva palpebral causando infiltrados inflamatórios na córnea. Esses casos são mais graves e o paciente fica com mais sensibilidade, embaçamento ocular e demora a reverter o quadro", explica a médica que diz que ainda não existe nenhuma medicação antiviral específica para tratar a conjuntivite. 

"A medicação é de suporte para aliviar desconfortos eventuais. O recomendado é fazer compressas geladas para diminuir o edema, usar soro fisiológico gelado, lavar bem o olho, usar lubrificantes e anti-inflamatórios de uso tópico", recomenda Namir Clementino.A médica alerta ainda que soluções caseiras devem ser evitadas, pois podem acarretar em sérios danos oculares.

"Pimenta, vinagre, limão podem causar outros danos oculares e deixar queimaduras na conjuntiva e sequelas irreversíveis. Isso não deve ser feito de maneira alguma. Se o paciente tiver muito incomodado o ideal é procurar atendimento médico",  finaliza a oftalmologista. 

Com informações CV

O secretário de Segurança Pública, Fábio Abreu, anunciou na manhã desta segunda-feira (2) que o edital do concurso da Polícia Civil deve ser lançado nesta quinta-feira (5). Segundo ele, serão 350 vagas para atender todo o Estado. O lançamento do edital faz parte de uma reivindicação antiga da categoria que já ameaçava realizar paralisações.

capa polcia civil

"Como foi prometido e vamos cumprir, o lançamento do edital será dia 05 de abril. São 350 vagas para todo o Estado. Os últimos detalhes estão sendo organizados para o lançamento", disse.

Com relação ao aumento salarial dos policiais militares, Abreu afirma que vai depender da Lei de Responsabilidade Fiscal.

"Em maio o Estado Estado deve sair do limite Prudencial. Depois disso, o aumento deverá ser concedido", afirmou. 

O lançamento do edital deve ser o último ato de Fábio Abreu como secretário. Nesta sexta-feira, ser a realizada a solenidade de troca de desligamento dele da pasta.

Filiado ao PR, o deputado federal retorna a à Câmara para concorrer à reeleição. " saímos com a consciência tranquila de ter realizado um bom trabalho. As dificuldades são muitas, mas nos esforçamos para vencer", destacou.

Com informações CV

Um homem sem identificação de aproximadamente 65 anos foi encontrado morto na manhã desta quinta-feira (08/03), em um terreno na Rua Armando Burlamaqui, no Bairro de Fátima na cidade de Parnaíba. A Polícia Militar foi informada que a vítima estava caída ao solo, sem sinais vitais, sem marcas de lesões e possivelmente morto.

65 3

A PM isolou o local, acionando em seguida a perícia técnica da Polícia Civil, para que possa ser constatado com mais precisão a real causa da morte.

Com Informações diarodonorte

A única viatura da Polícia Militar da cidade de Dom Expedito Lopes, distante 281 quilômetros de  Teresina, foi incendiada na madrugada do último domingo 04/03. O suspeito de atear fogo no veículo foi identificado como Luís Carlos da Silva.

carrofogo

Segundo o comandante do Grupamento da Polícia Militar de Dom Expedito Lopes, cabo José Altamar de Oliveira, o homem incendiou a viatura porque se incomodou com a presença da PM, que cumpria medida protetiva a sua ex-esposa.

“Ele não aceita o fim do relacionamento com a mulher. Tem uma ação judicial de divórcio e duas ações de medida protetiva contra ele. Ontem ela estava voltando de um aniversário e pediu presença policial até chegar em casa. Quando chegou em casa viu que o ex-marido havia invadido a residência. Ele fugiu pelos fundos da casa e ateou fogo no veículo. A mulher e um policial viram tudo”, relata o comandante.

Ainda de acordo com o comandante, o Luís Carlos ameaça agredir a mulher constantemente e, inclusive, já foi preso em flagrante por descumpir uma medida protetiva e não se afastar da ex-esposa.

O caso foi registrado na Central de Flagrantes de Picos. O homem, até a conclusão desta matéria, não havia sido localizado pela polícia.  A previsão é que ele se apresente ainda nesta segunda-feira (5) às autoridades policiais.

A PM da Dom Expedito Lopes já solicitou uma nova viatura à secretaria estadual de Segurança. “Precisamos da viatura para continuar nosso trabalho de combate à criminalidade”, ressalta o comandante do GPM, cabo José Altamar.

Com informações diariosambito

paraiba60pronto